23 de Julho de 2014 - 05:52:14
Redes Sociais
  • Facebook T1 Notícias
  • Twitter T1 Notícias
  • Google Plus T1 Notícias
  • RSS
Política
10/11/2012 09h38min
Inelegibilidade
Justiça cassa registro de candidatura de prefeito reeleito em Chapada de Areia
O prefeito reeleito de Chapada de Areia, João Milhomem (PR), e sua vice, Terezinha de Lemos, tiveram seus registros de candidatura cassados pela Justiça Eleitoral no último dia 6.
Autor: Thaise Marques

No último dia 6, a Justiça Eleitoral cassou o registro de candidatura do prefeito reeleito de Chapada de Areia, João José de Sousa Milhomem (PR), e de sua vice , Terezinha Maria de Lemos. A decisão foi da juíza da 13° Zona Eleitoral de Cristalândia, que determinou que Milhomem fique inelegível por oito anos e pague multa de R$ 70 mil.

 

Conforme consta na decisão que o Portal T1 Notícias teve acesso, a justiça considerou a  prática de condutas vedadas aos agentes públicos, caracterizada através da veiculação no período vedado, ou seja, durante o período eleitoral. Cerca de 600 publicidades institucionais foram realizadas pelo prefeito. As publicidades institucionais, segundo consta, ocorreram através de veiculação de outdoors, placas, lixeiras, latões de lixo e camisetas escolares.

 

Outro motivo para a decisão da juíza, foi o abuso de poder político, onde o prefeito teria pintado órgãos públicos com as cores vermelho e azul que remetem as cores do PR, partido do qual Milhomem é filiado. Além de ter pintado os órgãos, teria sido feito o desenho de ondas, como é utilizado pelo PR em suas propagandas.

 

Por último, a Justiça considerou como promoção pessoal com abuso de poder político ocorrido nos discursos durante a comemoração do aniversário do município nos dias 1°, 2 e 3 de junho. Segundo as informações, o nome do prefeito foi levado aos cidadãos como o melhor para vencer as eleições e "Milhomem e as autoridades presentes pediram votos de maneira dissimulada. Ainda foi com nítido caráter eleitoral".

 

Ação de Investigação

A Ação de Investigação Judicial Eleitoral (AIJE) com pedido de liminar foi ajuizada por Jailton Barros Varão, que também era candidato a prefeito, mas pela coligação “Um novo tempo para Chapada”. Segundo a alegação, houve a prática de promoção pessoal, abuso de poder político e propaganda institucional em período vedado.

 

Decisão

A Justiça determinou que fosse retirada as cores azul e vermelho dos órgão públicos municipais e também de todas as propagandas institucionais realizadas.

 

Consta na decisão: “Diante da extrema gravidade das condutas levadas pelos demandados- propaganda institucional em período vedado, configurado pela utilização da logomarca da atual administração em placas de obras, lixeiras e tambores de lixo e em camisetas de uniforme escolares da rede municipal- e, ainda, diante da grande repercussão dos fatos, o que se mostar evidente até pelo pequeno tamanho do Municipio de Chapada de Areia, promova a cassação dos registros/diplomas de João José de Sousa Milhomem e Terezinha Maria de Lemos (artigo 73, VI, ‘b’ e da Lei  9.504./97) declaro a inelegibilidade dos mesmos pelo período de 8 anos (...)”

 

Parecer do MPE

No parecer do Ministério Público Eleitoral (MPE), o Órgão manifestou-se pela procedência dos pedidos. O MPE encaminhou ainda a cópia dos autos a Promotoria de Justiça de Pium para que o processo fosse investigado.  O processo foi julgado em primeira instância e ainda cabe recurso.

 

Contato

O Portal T1 Noticias tentou falar com o prefeito, mas não obtivemos sucesso. Também foi tentado contato na prefeitura, mas em virtude do fim de semana as ligações não foram atendidas. Caso o gestor queira se manifestar o espaço continua aberto.

 

 

Tags: CASSAÇÃO DE REGISTRO, 13° ZONA ELEITORAL, PREFEITO REELEITO, CHAPADA DE AREIA, TOCANTINS

0

 
Preencha seu comentário abaixo!
( Faltam caracteres )
 

Escolha uma das opções abaixo para comentar:
Seja o primeiro a comentar esta notícia!
 
Clique Aqui para Ver Todas Notícias em "Política"
Cadastro
 
 
Classificados
106 N(ARNE 12)- SOBRADO -ci919
VAGAS SINE PORTO NACIONAL - 17-julho- 2014
APARTAMENTO NOVO 206S (ARSE 22) - ED. VERONA
 
 
 
As mais lidas
   
 
    6 meses de prisão
21/07
17h24
  Alex Gaguim é condenado por agredir jovem em shopping de Palmas
5642 acessos
 
 
    Contrariando a Constituição
21/07
16h19
  Lei que permite aproveitamento de efetivos em cargos novos da Sefaz é sancionada
5360 acessos
 
 
    Praias
21/07
10h21
  Praias de Palmas
3247 acessos
 
 
    Acidente de trânsito
22/07
09h26
  Homem é atropelado ao atravessar TO-050 e morre na hora
3050 acessos
 
 
    Eleições 2014
22/07
10h55
  Apoio confirmado:Raul Filho está na coordenação política da campanha de Sandoval
2545 acessos
 
 
    Em Palmeirante
21/07
18h23
  Jovem morre em possível acidente com jet ski na praia de Palmeirante
2071 acessos
 
 
    AIJE
21/07
10h33
  TRE acata parcialmente liminar da PRE, mas não proíbe participação em eventos
1997 acessos
 
 
    Eleições do sindicato
21/07
17h32
  TRT aponta inelegibilidade de Cleiton Pinheiro no Sisepe: presidente eleito nega
1774 acessos
 
 
    No TRE
22/07
15h00
  Com exceção do relator, pleno rejeita pedido de suspeição do juiz Mauro Ribas
1687 acessos
 
 
    Secretário de Missões Especiais
21/07
16h29
  Procuradora de Justiça oficia TCU sobre contas irregulares de Paulo Roberto
1659 acessos
 
 
     
Rodapé
 
T1 Notícia ENDEREÇO:
Ed. Nakashima, 108
Norte, Av. Lo 04, N. 12,
Sala 103, Palmas-TO

FONE: (063) 3224-8117
Compartilhar Facebook Twitter Google Plus Rss
 
powered by Web4business