Palmas, Tocantins -
Sindessto
555 visualizações

Prestadores de serviços do Plansaúde ameaçam paralisar atendimento na próxima terça

Governo diz que mantém diálogo com empresas e que não poupa esforços para manter o atendimento funcionando normalmente
- Atualizada em
Da Web

As empresas prestadoras de serviços do Plansaúde anunciaram nesta quinta-feira, 17, que irão paralisar o atendimento aos usuários do plano a partir da próxima terça-feira, 22. O Sindicato de Hospitais e Estabelecimentos de Serviços de Saúde no Estado do Tocantins (Sindessto) alega que o governo vem atrasando os pagamentos. Já a Diretoria do Plansaúde, destacou que vem mantendo o diálogo com as empresas na tentativa de solucionar os problemas.

 

Segundo o Sindessto, “o governo está em atraso com mais de oito meses de repasses aos prestadores, incluindo hospitais, clínicas e laboratórios, que durante todo este tempo sem receber do Estado, continuou arcando com medicamentos, materiais, insumos, pagamentos de salários de médicos e equipe de profissionais para manter e priorizar o atendimento ao usuário”.

 

Os prestadores de serviço do Plansaúde informaram que atendem mais de oitenta mil usuários.