Palmas, Tocantins -

Cidades


Cidades
3.478 visualizações

Vereador sugere fechamento das entradas de acesso à Palmas e quarentena assistida

Diante a crise do coronavírus, vereador pede ao Governo e Prefeitura fechamento das entradas de acesso à cidade e a antecipação do pagamento dos salários dos servidores públicos.
- Atualizada em
Descrição: Ponte FHC, entrada de Palmas. Da Web

O vereador Milton Neris (PDT) apresentou nesta sexta-feira, 20, duas preocupações ao T1 Notícias no que se refere à pandemia do coronavírus em Palmas. Uma se refere ao fechamento das entradas de acesso à cidade e outra sobre a antecipação do pagamento dos salários dos servidores públicos.

 

“Estamos insistindo desde o início para que a prefeita Cinthia Ribeiro (PSDB) e o governador Mauro Carlesse (DEM) fechem as três entradas principais de aceso à Capital. (Porto, Paraíso, Miracema e Lajeado) e no aeroporto também”, disse o parlamentar, para quem as autoridades por meio dos comitês de crise, estabeleçam um protocolo  rigoroso para as pessoas que tentam adentar à cidade.

 

Ele defende que as pessoas que chegarem à Capital passem por uma avalição, procurando saber de onde elas vieram, por onde passaram e quais estão com algum sintoma da doença. “Essas pessoas devem passar por uma quarentena assistida durante de 10 a 15 dias e, apresentandos os sintomas, permanecerem em quarentena para serem tratada”, sugere Neris..

 

Ele argumenta que não adianta só fechar comércio e colocar a população dentro de casa se as entradas não forem fechadas. Até agora, segundo afirmou, as autoridades não tomaram essas providências. “Preferem fazer pirotecnia e fechar empresas do que tomar a atitude certa, que é fechar as entradas de aceso à cidade”, reiterou em tom crítico.

 

O pedetista defendeu ainda a formação de  uma equipe para monitorar as pessoas que estão de quarentena em casa, para fazer o acompanhamento, caso apresentem alguns sintomas de presença do vírus.  “Muitas ações sendo feitas na base do improviso, que podem trazer sérias consequências”, sustentou.

 

Na Câmara de Vereadores circulou, conforme relato do vereador, uma informação de que a advogada que teve o exame confirmado positivamente, esteve no prédio do Legislativo palmense e, no último dia 17, e circulou entre os funcionários. Neris disse que está checando a veracidade dos comentários. Ele sugere que os servidores da Câmara sejam observados e assistidos preventivamente.

 

Antecipação de salários

 

Nesse momento de dificuldade para todos, o vereador Milton Neris defende que o Estado e Prefeitura antecipem o pagamento dos salários dos servidores para que, segundo ele, possam comprar seus alimentos  e produtos de higiene e limpeza, e terem condições de manter em isolamento social.