Palmas, Tocantins -

Plantão de Polícia


Estelionato
631 visualizações

Em ação, Polícia Civil desvenda golpe de venda aplicada pela Internet em Paraíso

Homem utilizava a conta de um parente para praticar os golpes.
- Atualizada em
Descrição: Paraíso do Tocantins Reprodução

A Polícia Civil do Tocantins, por intermédio do 63° Delegacia de Paraíso, desvendou nesta segunda-feira, 6, um esquema de estelionato praticado por meio de vendas na internet. De acordo com o delegado José Lucas Melo, titular da 63ª DP e responsável pelo caso, a investigação teve início quando uma vítima informou ter visto um anúncio em grupo de whatsapp e, desse modo, faz contato com o vendedor e acertou a compra de roupas no valor de R$ 300,00.

 

No entanto, após efetuar o depósito, a vítima disse que o vendedor passou a dar desculpas até que encerrou a conversa. Assim, a vítima procurou a Polícia Civil que, de imediato, começou as investigações e descobriu a autoria do ato ilícito, tendo o responsável sido localizado.

 

O indivíduo, que tem 19 anos, utilizava a conta bancária de um familiar para receber os valores das vítimas. Ele será indiciado pela prática do crime de estelionato e o processo será remetido ao Ministério público e ao Poder Judiciário para a devida responsabilização, nos termos da lei. As investigações foram intensificadas no sentido de esclarecer se outras pessoas também possam ter sido vítimas do golpe.

 

A Polícia Civil orienta pessoas que desejam fazer negócios pela internet e/ou redes sociais sobre medidas que devem tomar como precaução:

 

1- Pesquisar o nome da empresa ou da pessoa com quem negocia na internet, vendo referências e comentários sobre negociações passadas;

 

2-Verificar junto ao Procon a veracidade da existência da empresa, assim como sua regularidade e a existência de reclamações;

 

3- Procurar pessoas (conhecidas pessoalmente) que tenham realizado compra da mesma empresa e buscar referências.