Palmas, Tocantins -

Cidades


Pauta do Leitor
592 visualizações

Moradores de Arraias questionam descaso em tratamento contra Covid; secretário nega

Conforme denúncias encaminhadas por leitores, diversas situações de descaso teriam ocorrido na cidade no tratamento de pacientes com Covid-19, além de desmonte na equipe. O secretário de saúde negou
- Atualizada em
Descrição: Arraias - TO. Divulgação/Web

Moradores do município de Arraias cobram da secretaria municipal de saúde acompanhamento mais adequado em casos de pacientes diagnosticados com Covid-19. Conforme denúncias encaminhadas por leitores ao T1 Notícias, situações de descaso teriam ocorrido com quem testou positivo para a doença, como a falta de assistência diária e receita de Dipirona Sódica para o tratamento, além de demissões da equipe treinada com intenções de cunho político. Questionado, o secretário de saúde do município, Cleber Flávio de Paula Teixeira, negou as acusações e afirmou, através de nota, que “trâmites burocráticos da mudança de governo prejudicam diretamente o serviço público”. 

 

De acordo com relatos, a equipe de saúde da gestão anterior que era treinada para atuar na linha de frente à Covid-19 foi demitida, o que teria ocasionado prejuízos à saúde pública. Ainda conforme moradores, os casos de Covid-19 na cidade cresceram na mesma proporção da diminuição do acompanhamento dos serviços prestados pela saúde municipal. 

 

“Tenho um membro da família testado positivo, não estamos tendo os cuidados diários de monitoramento, como era feito até o final do ano passado. É inacreditável que um paciente testado positivo não receba nenhuma orientação dos profissionais responsáveis pelo cuidado e acolhimento do paciente, se é que existe estes profissionais, que até o momento desconheço”, disse uma moradora ao Portal.

 

Também foi relatado que a “prescrição médica para o paciente foi apenas dipirona”, que o resultado do teste não teria sido entregue à família do paciente e que ele não recebeu nenhum outro cuidado, medicação e nem orientação.

 

Para a moradora, há “desmonte de uma equipe de saúde, numa época de pandemia, sem que ao menos desse o tempo necessário de preparação de outra. Um verdadeiro descaso com vidas humanas”.

 

Questionado se houve desmonte na equipe de saúde com a nova gestão, o secretário Cleber Flávio não respondeu. Cleber disse que não recebeu nenhum “kit Covid-19" da gestão anterior e que “é impossível em 7 dias úteis realizar transações bancárias e processos de compras, que mesmo com dispensa de licitação, no caso da pandemia há obrigatoriedade de cumprir as normas do Tribunal de Contas do Tocantins”.

 
Cleber afirmou que “o procedimento de receitar dipirona foi antes da confirmação do exame e esta é uma conduta médica peculiar do profissional formado em medicina”. 

 
Na nota, Cleber enfatiza ainda que, o “compromisso é fazer um bom trabalho e atender os anseios da comunidade que espera por dias melhores, tudo tem seu tempo, não tenho e nem terei tempo para redes sociais, esse não é o nosso perfil”. 

 

Dados epidemiológicos

 

De acordo com o boletim epidemiológico de Arraias desta segunda-feira, 25, o município conta, atualmente, com 198 casos acumulados confirmados, 12 casos ativos, 175 recuperados e dois óbitos.

 

Confira a nota do Secretário Municipal de Saúde de Arraias na íntegra: 

 

Esclareço que estou e sempre estarei a disposição da comunidade para sugestões, reclamações e esclarecimentos, afinal isso nos ajuda a melhorar cada vez mais diante das obrigações da função.


Prontamente recebi a mesma na secretaria pessoalmente, bem como atendi suas ligações quando realizadas, ouvi suas queixas dias antes de sua publicação em rede social e esclareci que os tramites burocráticos da mudança de governo prejudica diretamente o serviço público.


Não recebemos nenhum Kit COVID-19 da gestão anterior e é humanamente impossível em 7 dias úteis realizar transações bancárias e processos de compras, que mesmo com dispensa de licitação no caso da pandemia há obrigatoriedade de cumprir as normas do Tribunal de Contas do Tocantins.


Quanto ao resultado do exame à cidadã em assunto infligiu o protocolo do munícipio, que antes mesmo da conclusão da análise do exame importunou o responsável pelo laboratório que considerou a relação pessoal entre os dois e primeiramente passou o resultado ao familiar e não ao órgão responsável.


O procedimento de receitar dipirona foi antes da confirmação do exame e esta é uma conduta médica, peculiar do profissional formado em medicina.


O nosso compromisso é fazer um bom trabalho e atender os anseios da comunidade que espera por dias melhores, tudo tem seu tempo, não tenho e nem terei tempo para redes sociais, esse não é o nosso perfil.

 

Cleber Flávio de Paula Teixeira

Secretário Municipal de Saúde

Arraias - TO