Palmas, Tocantins -

Estado


Prazo prorrogado
121 visualizações

Recadastramento de estabelecimentos agropecuários deve ser feito até 31 de março

Os lojistas que não fizerem o recadastramento dentro do prazo poderão ser autuados, bem como receberem outras sanções, como a interdição do estabelecimento e cancelamento do cadastro junto ao órgão
- Atualizada em
Descrição: Tocantins conta com 480 estabelecimentos agropecuários Delfino Miranda

A Agência de Defesa Agropecuária (Adapec) assinou a Instrução Normativa nº 04, de 24 de fevereiro de 2021, que prorroga até 31 de março, o prazo para o recadastramento obrigatório dos estabelecimentos comerciais e/ou industriais que se dedicam a comercialização, armazenamento e aplicação de produtos para uso na agropecuária, inclusive de produtos veterinários. Os certificados de registro para funcionamento dos estabelecimentos expedidos pela Adapec também foram prorrogados até esta data.

 

“Os estabelecimentos agropecuários possuem uma grande importância na cadeia produtiva agropecuária do nosso Estado, por isso, tomamos esta medida de prorrogar o prazo para que os empresários possam se regularizar. Além disso, para colaborarmos com as ações de prevenção da Covid-19 evitando aglomerações”, disse o presidente da Adapec, Paulo Lima.

 

A gerente de avaliação, controle e fiscalização vegetal, Lidiana Lira Vieira ressaltou que os lojistas que não fizerem o recadastramento dentro do prazo poderão ser autuados, bem como receberem outras sanções, como a interdição do estabelecimento e cancelamento do cadastro junto ao órgão. “As empresas autuadas não receberão o certificado de registro até a sua regularização”, destaca.

 

Para fazer o recadastramento, o empresário deve juntar todos os documentos indicados para a área de atuação do estabelecimento, com prazos de validade em dia, recolher a taxa e entregar a documentação na unidade local da Adapec do seu município. A lista dos documentos exigidos está no site da Agência.

 

Dados

 

Em 2020 foram licenciados junto a Adapec, 480 estabelecimentos agropecuários, um crescimento de 5,96 % em relação a 2019. As regionais que concentram o maior número de lojas agropecuárias são: Palmas com 69 estabelecimentos, Araguaina com 58, Colinas 57, Porto Nacional 52, Gurupi 44.