Palmas, Tocantins -

Cidades


Tragédia familiar
6.712 visualizações

Covid-19 leva família Lopes inteira e provoca comoção em Formoso do Araguaia

O falecimento da professora Maria de Jesus Lopes, 56 anos, é o quarto na mesma família, em um período de 15 dias. A tragédia em um espaço tão curto de tempo comoveu a cidade
- Atualizada em
Divulgação

O falecimento na sexta-feira, 9, da professora Maria de Jesus Lopes, 56 anos, por complicações provocadas pela infecção pulmonar advinda de contaminação pelo Coronavíus abateu a comunidade de Formoso do Araguaia, região Sul do Estado, pela dimensão da tragédia familiar.

 

Maria de Jesus é quarta morte na mesma família, em um período de 15 dias. Morreram, os pais dela, Sr. Antonio Lopes e dona Luzia Lopes e a irmã Dagma Lopes, 47 anos, a primeira a ser contaminada e falecer.

 

O drama familiar começou com a manifestação dos sintomas em Dagma, há cerca de três semanas. Ela foi internada no Hospital Santa Catarina, em Gurupi. Em seguida, os pais dela, Sr. Antonio Lopes, 84 anos e dona Luzia, 78 anos, manifestaram os sintomas.

 

 

Segundo informações levantadas pelo T1 Notícias junto a amigos da família, Dagma foi transferida para uma Unidade de Terapia Intensiva (UTI) no Hospital Regional de Gurupi (HRG), enquanto os pais eram internados no Santa Catarina. “Enquanto ela foi transferida, o quadro dos pais dela se agravou, tiveram que contratar um serviço de suporte para respiração, catéter de alto fluxo”, relata um dos amigos.

 

Uma semana após a internação, Dagma Lopes faleceu em Gurupi. Sepultada num sábado às 10h, ela foi sucedida pelo pai, Sr. Antonio Lopes, que faleceu às 11h do mesmo dia. No mesmo final de semana, no domingo, foi a vez da mãe dela, dona Luzia Lopes da Silva, professora aposentada.

 

A família, composta dos pais e das duas filhas, Dagma e Maria de Jesus, perdeu nesta semana seu último membro da primeira geração, também para a Covid-19. “A Dagma não tinha filhos. Já a Maria de Jesus deixou dois filhos e uma neta de 3 aninhos. O Levi, de 25 anos e a Lívia de 23”.

 

O patriarca da família, Sr. Antonio Lopes, era tio do advogado e pecuarista Ronison Parente. A morte de toda a família em um espaço tão curto de tempo abateu a cidade, e gerou clima de grande comoção ontem, sexta-feira, com o falecimento da professora Maria de Jesus.

 

Formoso já contabiliza 44 mortes

 

Conforme o boletim epidemiológico divulgado pela Secretaria Municial de Saúde de Formoso do Araguaia ontem, 9, a cidade já contabiliza 44 óbitos em decorrência de complicações da Covid-19. Atualmente, 303 casos estão ativos e 83 casos suspeitos aguardam confirmação. O município soma 2.171 diagnósticos positivos.