Palmas, Tocantins -

Política


Turismo
4.189 visualizações

Kátia responde comerciante que acusa senadora de calote em atrativo do Jalapão

Kátia afirma que estava levando autoridades importantes de Brasília para conhecer uma das regiões mais lindas do Brasil quando resolveu não ficar no local, mas foi cobrada mesmo assim
- Atualizada em
Arquivo pessoal

Após a senadora Kátia Abreu (PP-TO) ser acusada pelo proprietário de um estabelecimento localizado na cachoeira do Formiga, no Jalapão, de que se recusou a pagar o valor cobrado pela entrada no atrativo turístico, ela veio a público, por meio de nota, justificar que não ficou no local depois que constatou que o atrativo possuia condições precárias e havia ainda aglomeração de pessoas dentro da cachoeira. 

 

Kátia afirma que estava levando autoridades importantes de Brasília para conhecer uma das regiões mais lindas do Brasil. “Vi os empreendedores dos pontos turísticos lutando para melhorar suas instalações. É visível a melhora que estão fazendo com tanto sacrifício”, disse. 

 

Mas não foi o caso da cachoeira da Formiga, conforme a senadora. “Apesar do grande faturamento que aquele local gera, o proprietário não investe em nada. Isso prejudica a imagem do nosso Jalapão. E as autoridades precisam tomar providências. Mas não tomam", observa. 

 

Por último, Kátia mencionou que fica triste ao ver o estado crítico de um dos pontos turísticos mais procurados do Jalapão: a Cachoeira do Formiga, após ter liberado vários recursos para região. “Este é o único empresário que, ao contrário dos demais, piora sua estrutura ano a ano em desrespeito total ao turista”, concluiu.

 

Entenda

 

O homem que aparece em um vídeo que circula nas redes sociais, fala que a senadora chegou no seu estabelecimento com mais 12 pessoas e não quis pagar entrada. Ele acusa o grupo, ainda, de querer criar conflito. 

 

"Ela chegou no meu estabelecimento e se negou a pagar a conta dela e das 12 pessoas que estavam com ela. No final, o esposo da senadora ainda quis agredir o meu funcionário. Não confiem, ela é uma grileira de terra irresponsável”, disse.

 

Recursos 

 

Dos recursos enviados ao Jalapão, a senadora cita R$ 2 milhões para aquisição de máquinas que estão sendo licitadas para o consórcio municipal dar manutenção nas estradas. Construção de seis Centros de Atendimento ao Turista (CAT) para seis cidades da região e Serras Gerais. Ainda há recursos para calçamento das ruas de Mateiros, São Félix e Ponte Alta.

 

Nota na íntegra: 

 

ESCLARECIMENTO AO TOCANTINS SOBRE EPISÓDIO NO JALAPÃO

 

“Estive neste final de semana no Jalapão levando autoridades importantes de Brasília para conhecer uma das regiões mais lindas do Brasil. 

 

Vi os empreendedores dos pontos turísticos lutando pra melhorar suas instalações. É visível a melhora que estão fazendo com tanto sacrifício.

 

Infelizmente, as estradas de acesso estão em estado de calamidade pública. Muito triste  deixar os turistas sofrerem tanto pra chegarem até lá.

 

No ano passado, liberei para os 7 prefeitos do Jalapão R$ 2 milhões em máquinas que estão sendo licitadas para o consórcio municipal dar manutenção nas estradas.  Liberei ainda 6 Centros de Atendimento ao Turista (CAT) para 6 cidades do Jalapão e Serras Gerais. Estão em fase de licitação pelas prefeituras. Neste ano, pretendo destinar recursos para calçamento das ruas de Mateiros, São Félix e Ponte Alta.

 

Por fim, registro meu desalento ao ver o estado crítico de um dos pontos turísticos mais procurados do Jalapão: a Cachoeira do Formiga. Este é o único empresário que, ao contrário dos demais, piora sua estrutura ano a ano em desrespeito total ao turista.

 

Encaminho as fotos do local, tiradas sábado. Não foi possível usar o atrativo pois, além das condições precárias, havia ainda aglomeração de pessoas dentro da cachoeira. Os nossos visitantes quiseram sair imediatamente.

 

Apesar do grande faturamento que aquele local gera, o proprietário não investe em nada. Isso prejudica a imagem do nosso Jalapão. E as autoridades precisam tomar providências. Mas não tomam.”

 

Senadora Kátia Abreu

Notícias sobre:

jalapao turismo kátiaabreu