Célio Moura critica PEC que permite cobrança de mensalidade em universidades públicas

Crédito: Luis Macedo/Agência Câmara

O deputado federal Célio Moura (PT-TO) e outros parlamentares petistas usaram a tribuna da Câmara dos Deputados nesta terça-feira, 24, para criticar e questionar a Proposta de Emenda à Constituição (PEC 206/2019), de autoria do deputado General Peternelli (PL-SP) e apoiada pelo Governo Bolsonaro, que permite a cobrança de mensalidade em universidades públicas. “Essa PEC 206 é assombrosa. Como o filho do trabalhador rural vai ser doutor? Como o filho do quilombola vai entrar na universidade? Como o filho do pescador, do carroceiro vai ser advogado, jornalista, médico, engenheiro, se vão cobrar agora mensalidade nas universidades públicas? É vergonhoso esse Governo, que não tem política pública para a classe trabalhadora”, indagou o deputado. Marcada para ser votada nesta terça-feira, 24, a PEC foi retirada de pauta após críticas e ainda não possui data para votação.

Comentários (0)