Palmas, Tocantins -

Geral


341 visualizações

Militância pode ser o diferencial do PT

...
- Atualizada em

A militância de qualidade promete ser o diferencial do PT - Coligação Força do Povo -  nas eleições em Palmas este ano. É uma militância ideológica, que tem discurso, formada por quadros que se criaram dentro dos movimentos sindicais, de luta pela moradia entre outros. Na noite de terça-feira, 05, no auditório do Colégio da Ulbra, na JK, a abertura do seminário para construção do plano de governo demonstrou isto.

Professores,líderes sindicais,gente da cultura, secretários do município e candidatos a vereador marcaram presença para ouvir Raul e Edna.Na quarta-, 06, a programação continua com a realização de oficinas.O que está no discurso do staff do prefeito, e deve estar também nos programas de TV nas próximas semanas é que "Raul é campeão de obras", e que pode fazer mais nos próximos 4 anos.

Em terceiro lugar nas pesquisas de opinião, o desempenho da coligação é uma incógnita. Tudo pode acontecer até 05 de outubro. Baixar a taxa de rejeição de Raul, motivada pelo jeito de fazer política e a falta de uma comunicação eficiente durante a gestão, é o maior desafio para os marketeiros da campanha do 13.

O que está nítido no clima de campanha do PT é que Raul hoje está em casa, e completamente à vontade com a militância do partido. Há também uma confiança de que é possível crescer durante as próximas semanas para efetivamente disputar a eleição.

No meio do caminho da polarização entre Raul e Nilmar - os dois que têm obras e gestão administrativa a comparar - no entanto, há uma pedra. O sentimento popular que está inflando o crescimento da candidatura de Marcelo Lélis. Pode ser apenas um voto passional, que perca a consistência durante a disputa.O que vai definir isto é o enfrentamento das ruas de duas forças populares: as lideranças de Dulce e Nilmar contra a militância aguerrida do PT.

roberta@blogdatum.com