Palmas, Tocantins -

Cidades


Feminicídio em Gurupi
1.244 visualizações

Mulher é assassinada com 5 tiros na porta de casa; suspeito seria seu ex-companheiro

A vítima foi alvejada com tiros no rosto, no tórax e na cabeça. Cirlene chegou a ser socorrida com vida pelo Samu, mas faleceu ao chegar ao hospital
- Atualizada em
Descrição: Servidora do HRG teria sido assassinada por ex-companheiro Divulgação

Cirlene Pereira, de 29 anos, foi assassinada a tiros na noite de ontem, 4, em Gurupi.  Conforme a polícia, a técnica em radiologia, que trabalhava no Hospital Regional de Gurupi, teria sido atingida com pelo menos cinco disparos na porta da própria casa.

 

A vítima foi alvejada com tiros no rosto, no tórax e na cabeça. Cirlene chegou a ser socorrida com vida pelo Samu, mas faleceu ao chegar ao hospital.

 

Testemunhas informaram à polícia que o crime foi cometido pelo ex-companheiro de Cirlene, que não aceitava o fim do relacionamento. O suspeito teria sido visto nas proximidades da residência da vítima minutos antes do homicídio.

 

A polícia realiza diligências em busca do suspeito e o caso será investigado pela Polícia Civil de Gurupi. O corpo de Cirlene foi encaminhado ao Instituto Médico Legal de Gurupi.