Palmas, Tocantins -

Ação Parlamentar


Em Porto Nacional
134 visualizações

Antonio Andrade cumpre agenda em Porto Nacional e vistoria obras da ponte

A ponte integra o programa Governo Municipalista, implementado pela atual gestão estadual, que prevê a complementação da infraestrutura do Tocantins nos 139 municípios
- Atualizada em
Descrição: O deputado estava acompanhado da secretária de Infraestrutura Juliana Passarin. Whashington Luiz

O governador em exercício do Estado do Tocantins, Antonio Andrade, cumpriu agenda de trabalho na tarde desta terça-feira, 24, em Porto Nacional onde, acompanhado da secretária de Estado da Infraestrutura e presidente da Agência Tocantinense de Transportes e Obras (Ageto), Juliana Passarin, vistoriou o andamento das obras da ponte sobre o Rio Tocantins, que está sendo construída na cidade. A ponte integra o programa Governo Municipalista, implementado pela atual gestão estadual, que prevê a complementação da infraestrutura do Tocantins nos 139 municípios. 

 

A Ordem de Serviço para as obras da nova ponte de Porto Nacional foi assinada em setembro de 2019, mas as obras estavam sendo executadas com recursos próprios do Estado. Com a assinatura do contrato de empréstimo com o Banco de Brasília (BRB), em outubro, no valor de R$ 149 milhões, o Governo do Tocantins vive a expectativa de que as obras ganhem um novo impulso, uma vez que a ponte constitui o principal elo de Porto Nacional à rodovia BR-153.

 

“Estou feliz, porque pude ver de perto que a ponte deixou de ser um sonho e já é uma realidade. Estivemos no canteiro de obras e vimos a quantidade de serviço pronto e temos a convicção que, daqui a dois anos, essa ponte estará pronta para ser inaugurada. São mais de R$ 140 milhões injetados na economia do nosso município e cerca de mil pessoas terão a oportunidade de trabalho nesse período. Agradecemos ao governador Mauro Carlesse e ao vice-governador Wanderlei Barbosa pelo desprendimento para agilizar o financiamento com o BRB, que vai permitir mais agilidade nessa tão esperada obra”, pontuou Antonio Andrade. 

 

A secretária de Estado da Infraestrutura e presidente da Ageto, Juliana Passarin, destacou a visita como um momento especial para o Governo do Tocantins, porque é uma prioridade do governador Mauro Carlesse que saiu do papel. “As obras estão dentro do cronograma estabelecido com a empresa e o que percebemos nessa visita é que a cada dia aumenta a quantidade de funcionários e novos equipamentos”, comentou. 

 

O representante da Rivoli no Tocantins, empresa responsável pela obra, Matteu Rossi, destacou que a empresa está empenhada em acelerar o andamento das obras. “Está prevista para o mês de dezembro a chegada do equipamento para fundação o que vai permitir que, em janeiro, sejam realizadas algumas fundações. A expectativa é de que possamos entrar na água no próximo ano, que é o ponto crítico de toda a obra”, ressaltou. 

 

Financiamento

 

A antiga ponte sobre o Rio Tocantins em Porto Nacional foi construída em 1979, mas, em virtude das más condições, foi interditada pelo Governo do Tocantins em 2019. A travessia passou a ser monitorada e destinada apenas para veículos de pequeno porte. Já a passagem dos veículos de carga passou a ser realizada por balsas, o que tem causado transtornos. O Governo do Tocantins agiu rápido e, depois de ter o aval da Assembleia Legislativa, viabilizou um empréstimo com o BRB para construção da nova ponte. O contrato de financiamento foi assinado pelo governador Mauro Carlesse e pelo presidente da instituição, Paulo Henrique Bezerra Costa, no dia 15 de outubro, em Brasília (DF).