Palmas, Tocantins -

Ação Parlamentar

Ver comentários
Política Ambiental

Claudia crítica governo federal: "meio ambiente não pode ter bandeira partidária"

Parlamentar classificou como “retrocesso enorme na área ambiental” e afirmou que está muito preocupada com o futuro ambiental no Tocantins.
- Atualizada em
Ascom da Parlamentar

A deputada estadual Claudia Lelis (PV) fez duras críticas na sessa desta terça feira, 20, na Assembleia Legislativa, à política ambiental do governo federal e solicitou à presidência da Casa de Leis o envio de nota de repúdio à Presidência da República sobre os prejuízos causados ao meio ambiente decorrentes da atual política adotada.

 

“Eu venho a essa tribuna, hoje, manifestar a minha indignação e principalmente preocupação com o corte de 300 milhões de coroas norueguesas, o equivalente a R$ 130 milhões, para ações contra o desmatamento no Brasil. As doações são realizadas desde 2008 pela Noruega para o Fundo Amazônia, respondendo por 94% das doações. Esses recursos garantem a execução de projetos e programas desenvolvidos na Amazônia Legal, e principalmente desenvolvidos aqui no Tocantins na área ambiental”, defendeu Lelis na tribuna. 

 

Claudia Lelis classificou como “retrocesso enorme na área ambiental”, e afirmou que está muito preocupada com o futuro ambiental no Tocantins, “principalmente dos projetos ambientais que estão em execução, como o Cadastro Ambiental Rural (CAR), a liberação de recursos para queimadas, que todos aqui sabem destroem o nosso cerrado todos os anos de forma devastadora, entre outros”.

 

A deputada pevista também reforçou que mediante a política ambiental que o governo federal está defendendo, onde pedem o fim de demarcações de terras e permissão para mineração em áreas indígenas; a flexibilização de licenciamentos ambientais; sucateamento de órgãos de defesa ambiental; alterações no Código Florestal e agora mudanças no Fundo Amazônia, minha indignação só aumenta, e minha revolta e indignação também.

 

“Esse parlamento precisa se manifestar. O meio ambiente não pode ter bandeira partidária, acredito que cada país, cada estado tem sua forma de fazer política, mas o meio ambiente é de todos, é do planeta”, defendeu Lelis.

 

Ela quer é presidente estadual o PV e presidente da Comissão de Meio Ambiente, Turismo e Energia da Assembleia também seja solidário a todos os governadores da Amazônia que já manifestaram o desejo de dialogar diretamente com as embaixadas da Noruega, Alemanha e França.

 

Claudia defendeu mais recursos para Fundo da Amazônia em 2017

 

Em 2017, enquanto vice-governadora do Tocantins, a deputada esteve na Reunião Anual do GCF – Força Tarefa dos Governadores para o Clima e Florestas - na cidade de Balikpapan, Indonésia, e conseguiu juntamente com os governadores da Amazônia a liberação de mais recursos para o Estado, na ordem de USD$ 25 milhões. “Parte desses recursos eram da Noruega, com quem estive pessoalmente conversado com o embaixador no encontro e explicando a importância desses recursos para o nosso Estado”, afirmou Lelis.

 

A deputada pediu o apoio de todos os parlamentares para defesa desta causa. “Não irei me calar, a causa ambiental não é somente uma bandeira, é uma causa que todos precisam defender para garantir o futuro das próximas gerações”, garantiu Lelis.