Palmas, Tocantins -

Ação Parlamentar


Seleção pública
54 visualizações

Contemplado com emenda de Tiago Dimas, Instituto Reviver realizará Jogos Inclusivos

Entidade promove ações em prol das pessoas com deficiência e luta por inclusão delas na sociedade
- Atualizada em
Descrição: Integrantes do Instituto Reviver praticam esportes Divulgação

De Palmas, o Instituto Reviver apresentou projeto na seleção pública do deputado federal Tiago Dimas (Solidariedade-TO) para custear a realização do JITO (Jogos Inclusivos do Tocantins). O projeto foi um dos 12 contemplados. A entidade pediu R$ 130 mil para ajudar a cobrir os gastos da quarta edição do evento, que ocorre na Capital do Estado. O instituto trabalha com a promoção da não discriminação, inclusão social, capacitação, direito e ativismo da pessoa com deficiência, buscando melhoria na qualidade de vida de homens e mulheres do estado do Tocantins.

 

“Nós estamos focando, principalmente, no oferecimento do esporte adaptado. Mas, além disso, atendemos os familiares, com fortalecimento muscular da academia, com outras atividades e auxiliamos na aquisição de prótese, bem como na inserção das pessoas deficientes no mercado de trabalho”, ressalta a diretora da entidade, Soraia Maria Tomaz.

 

Embora o instituto tenha sede em Palmas, há pessoas beneficiadas de outros municípios, como Gurupi, Miracema e Porto Nacional. Soraia destaca que o dinheiro da seleção servirá para potencializar ainda mais os jogos inclusivos, deixando um grande legado para todas as pessoas com deficiência.

 

A equipe de voluntários do Instituto Reviver é formada por pessoas de diferentes formações e conta com pais, professores, educadores físicos, fisioterapeutas, advogados, engenheiros, médicos, empresários e outros. A entidade, atualmente, não recebe qualquer apoio de governamental para desenvolver as suas atividades e nem para a realização dos jogos.

 

A competição terá a participação de para-atletas do Tocantins e outros estados nas seguintes modalidades adaptadas: atletismo, basquetebol em cadeira de rodas, bocha, tênis em cadeira de rodas, tênis de mesa em cadeira de rodas e natação. Os jogos envolvem mais de 200 pessoas com deficiência que têm a oportunidade celebrar, praticar um esporte e ter qualidade de vida.

 

Transformação

 

“O Instituto Reviver foi tudo para mim. Eu era um garoto que tinha vergonha da minha deficiência, não gostava de ficar no meio de muita gente. Aí comecei a competir quando o instituto me apresentou muita coisa. Vi que podia ganhar o mundo e conviver normalmente. Hoje, graças a Deus, eu consegui me aceitar como eu sou e sou muito feliz por fazer parte do Instituto Reviver”, destacou Ilquias Lopes Pereira, 21 anos. Ilquias nasceu com uma má formação, tendo um dos braços apenas até o cotovelo. Via o instituto, ele faz atletismo, sendo destaque nas provas de corrida de 100 metros e 400 metros, além de lançamento de dardo.

 

Ele destaca que, hoje, muitas pessoas estão escondidas em casa com vergonha da sua deficiência, mas o Instituto Reviver pode lhe apresentar um mundo novo para sonhar.

 

Contribuição

 

Para o deputado federal Tiago Dimas, é uma honra poder contribuir em projetos como esse. “Todos sabem da minha luta em defesa de melhores cuidados para os autistas. Da mesma forma, poder contribuir diretamente com quem normalmente sofre é exclusão é muito gratificante para mim. O projeto do instituto foi muito bem feito e por isso acabou sendo selecionado”, salientou o congressista.

 

Seleção Pública

 

Em iniciativa inédita no Tocantins, o deputado Tiago Dimas abriu uma seleção pública para entidades privadas sem fins lucrativos inscreverem projetos com o objetivo de serem contemplados com recursos federais de emendas parlamentares ao Orçamento ad União. Ao todo, foram 122 projetos inscritos em um prazo de apenas dez dias de seleção.

 

A ideia inicial do congressista era escolher entre 4 a 6 projetos, mas, pela qualidade das propostas apresentadas, foram selecionados 12 iniciativas. A seleção pública acabou, assim, garantindo recursos federais para oito áreas diferentes: saúde, esporte, cidadania, agricultura, cultura, meio ambiente, educação e trabalho.

 

O total de recursos destinados pelo parlamentar aos projetos é de R$ 2.387.809,00.