Palmas, Tocantins -

Ação Parlamentar


Bancada Feminina
95 visualizações

Deputada Dorinha participa do lançamento da 2ª etapa do projeto Mulheres Inovadoras

O projeto tem como objetivo fazer com que mais mulheres liderem startaps no País
- Atualizada em
Descrição: Deputada federal Professora Dorinha (DEM) e ministro Marcos Pontes. Divulgação

Como coordenadora da Bancada Feminina na Câmara dos Deputados, a deputada federal Professora Dorinha (DEM/TO) esteve nesta quarta, 16 de dezembro, com o ministro de Estado da Ciência, Tecnologia e Inovações Astronauta, Marcos Pontes, para a cerimônia de lançamento da 2ª etapa do projeto Mulheres Inovadoras MCTI/FINEP. 

 

O projeto tem como objetivo fazer com que mais mulheres liderem startaps no País. “Para nós deputadas que lidamos diariamente com desenvolvimento, educação, saúde e em especial com a capacidade que a ciência e tecnologia tem de mudar o mundo, é uma satisfação está num evento como este. À frente da bancada feminina na Câmara dos Deputados temos enormes desafios na construção de iniciativas que deem oportunidade para que milhares de mulheres em suas cidades possam mudar a própria vida e a vida dos que as cercam. O que importa não é nem o prêmio em si, mas sim a iniciativa de reconhecer, é o caminhar, o processo, a catalisação”, explicou a parlamentar.

 

 

O ministro, Marcos Pontes, destacou que, “a primeira etapa já foi um sucesso e tenho certeza que esta segunda etapa terá ainda mais êxito. Com certeza teremos a contribuição destas mulheres empreendedoras para a inspiração de meninas. Existe a necessidade de termos mais meninas na ciência e na tecnologia. Espero que o programa possa ajuda com isso.”

 

Juntamente com a deputada Professora Dorinha, estiveram presente no evento as deputadas federais, Celina Leão (PP/DF) Mariana Carvalho (PSDB/RO), Teresa Nelma (PSDB/AL), Soraya Manato (PSL/ES) e Carmem Zanotto (Cidadania SC).

 

O projeto

 

Nesta segunda etapa, o número de premiações dobrou, passou de 5 para 10, sendo duas por cada região do País. Já o número de empresas que receberão mentoria saltou de 21 para 30, sendo seis de cada região.