Palmas, Tocantins -

Ação Parlamentar


Brasília
221 visualizações

Dorinha Seabra participa de lançamento da Frente Parlamentar Mista em Defesa da Cultura com artistas e políticos

A deputada federal Professora Dorinha Seabra Rezende (DEM) participou nesta quarta, 6, da instalação e lançamento da Frente Parlamentar Mista em Defesa da Cultura. A deputada que irá coordenar a frente em Defesa da Cultura no Tocantins afirmou, "...
- Atualizada em

Cerca de 300 pessoas entre intelectuais, artistas, militantes dos movimentos culturais e políticos participaram da instalação e lançamento da Frente Parlamentar Mista em Defesa da Cultura, nesta quarta-feira, 06, no Salão Nobre do Congresso Nacional. A deputada federal Professora Dorinha Seabra Rezende (DEM/TO) foi escolhida para coordenar a frente no Tocantins.

Durante a solenidade, Professora Dorinha falou sobre os objetivos à frente da coordenação. “Com a participação da sociedade civil poderemos fortalecer as políticas públicas para o desenvolvimento cultural. Espero reunir os movimentos culturais tocantinenses o mais breve possível para traçarmos as linhas de ação para este ano. Creio que a Frente Parlamentar em Defesa da Cultura é uma ferramenta poderosa e que irá atuar em favor do desenvolvimento cultural e intelectual do nosso Estado”, contou Dorinha, revelando que terá uma atenção especial com o incentivo à leitura.

A deputada lamentou o corte do Governo Federal para a área da cultura. Segundo Dorinha, o Governo Dilma necessita programas contínuos e não apenas ações pontuais. O artesão tocantinense Renato Moura, membro do Conselho Nacional da Cultura, participou do evento e comentou sobre os desafios da área cultura. “O Tocantins nunca esteve em uma situação tão favorável. Temos um representante no Conselho Nacional de Cultura e uma deputada na frente parlamentar da cultura. Creio que a partir deste ano teremos muitos motivos para comemorar”, revelou Moura.

A Frente Parlamentar Mista da Cultura reúne 250 congressistas e pretende priorizar temas como a revisão da Lei de Direitos Autorais, alterações no Procultura, a criação do vale-cultura, a preservação dos pontos de cultura no País (Programa Cultura Viva) e a Reforma da Cultura Brasileira (Re-Cultura). (Da Assessoria de Comunicação)

Participaram da solenidade a ministra da Cultura, Ana de Hollanda; o presidente da Funarte, Antonio Grassi; o secretário da Identidade e da Diversidade Cultural do Ministério da Cultura, Sérgio Mamberti; os músicos Rita Ribeiro, Saulo Laranjeira, Nelson Sargento, Sandra de Sá, o vereador Netinho de Paula entre outros.