Palmas, Tocantins -

Ação Parlamentar


DNA do Brasil Talentos
191 visualizações

Dorinha trabalha na formatação de projeto para detectar talentos no esporte

Programa DNA do Brasil Talentos também é voltado ao incentivo da vocação profissional.
- Atualizada em
Câmara dos Deputados

Voltado para melhora do desempenho dos estudantes tocantinenses na obtenção de resultados satisfatórios na vida escolar, a deputada Professora Dorinha (DEM/TO) segue empenhada na formatação do DNA do Brasil Talentos, por isso, a parlamentar alinhou, nesta sexta-feira, 14 de janeiro, com o titular da Secretaria Nacional dos Direitos da Criança e do Adolescente do Ministério da Mulher, da Família e dos Direitos Humanos (SNDCA/MMFDH), Maurício José Silva Cunha aspectos do Programa. 

 

“São 12 meses em que metodologias serão executadas no desenvolvimento de talentos. São cinco métricas de avaliação dos estudantes: educacional, talento esportivo, saúde, qualidade de vida e vocacional. Um projeto incrível que chega ao Tocantins”, celebrou Dorinha. 

 

Nesse sentido, para o desenvolvimento do DNA do Brasil Talentos, a parlamentar assegurou R$ 4,5 milhões (quatro milhões e quinhentos mil reais) para o programa, que está previsto para dar início em fevereiro de 2022 com a presença do Presidente da República, Jair Bolsonaro; da primeira-dama Michelle Bolsonaro e da ministra da Mulher, da Família e dos Direitos Humanos, Damares Alves, em Porto Nacional, no dia 4 de fevereiro. O município está entre as 13 cidades que foram contempladas com o recurso destinado pela parlamentar.    

 

Portanto, os 13 municípios que receberam recurso destinado pela deputada Professora Dorinha são: Araguacema, Arraias, Colinas, Divinópolis, Dois Irmãos, Guaraí, Marianópolis, Miracema, Novo Acordo, Palmas, Paranã, Porto Nacional e Tocantinópolis. A ação é voltada para Assistência Social no cuidado de crianças em situação de vulnerabilidade, formação profissional, iniciação profissional da juventude. 

 

“Nosso foco é levar aos 13 municípios melhorias nos resultados educacionais e, especificamente, no Esporte, inclusive, nos esportes mentais. Trata-se de investir na família e na formação do contraturno e tempo integral de crianças e jovens”, destacou a parlamentar. 

 

Ainda nesta sexta-feira, 14 de janeiro, a parlamentar foi representada em reunião remota com a ministra Damares; com a secretária-executiva do MMFDH, Tatiana Barbosa Alvarenga; Wilson Cardoso, presidente do Instituto para o Desenvolvimento da Criança e do Adolescente pela Cultura e Esporte (IDECACE), entre outros representantes. 

 

O que é o DNA do Brasil Talentos?

 

Tem como base o apoio aos Estados brasileiros na inclusão social, formação de atletas, adequação e criação de infraestrutura esportiva, detecção de talentos esportivos, orientação vocacional, implantação de sistema de gestão de centros esportivos, disseminação das metodologias de atletas olímpicos, publicação de livros para professores e alunos da rede pública de ensino e criação de uma campanha social para envolvimento da população.