Palmas, Tocantins -

Ação Parlamentar


Requerimento verbal
609 visualizações

Iratã solicita informações sobre Plano Municipal de Resíduos Sólidos de Palmas

Iratã alertou os vereadores sobre o prazo para aprovação do plano, que, sob pena de deixar de receber recursos, deve ser votado e aprovado até o dia 31 de dezembro.
- Atualizada em
Descrição: Vereador Iratã Abreu T1 Notícias

O vereador Iratã Abreu (PSD-TO) apresentou na manhã desta terça-feira, 3, um requerimento verbal solicitando informações sobre a construção do Plano Municipal de Resíduos Sólidos de Palmas. Iratã alertou os vereadores sobre o prazo para aprovação do plano, que, sob pena de deixar de receber recursos, deve ser votado e aprovado até o dia 31 de dezembro.

 

Um pouco antes da sessão, Iratã participou da aberta da VIII Semana Acadêmica de Engenharia Ambiental da Universidade Federal do Tocantins (UFT) e externou aos alunos a sua preocupação em relação à construção do Plano de Municipal de Resíduos Sólidos de Palmas, elencando questões como o sistema de gerenciamento na coleta de lixo, pratica da coleta seletiva e extinção dos lixões a partir de 2014, conforme preconiza o Plano Nacional – Lei 12.305/2010.

 

“Temos que abrir nossos olhos para buscar soluções conjuntas para este assunto e avançar na construção do plano de resíduos sólidos de nossa Capital,” disse Iratã aos vereadores ao informá-los que, lamentavelmente, apenas 10% dos municípios brasileiros apresentaram os seus planos. Ressaltou que, entre 2010 e 2011, a produção de lixo aumentou duas vezes que o crescimento da população.

 

O vereador ponderou também sobre a necessidade de se aplicar mais em saneamento e tratamento de resíduos sólidos e esgoto para reduzir os custos com a saúde pública. Segundo ele, para cada R$ 1 aplicado em saneamento, são investidos R$ 4 em saúde.  “Se melhoramos as condições de saneamento, os custos com a saúde serão reduzidos,” aponta.

 

Conscientização

Para Iratã, todos podem contribuir para a construção deste plano, governo municipal, Câmara Municipal, UFT e a sociedade civil, mas é preciso que todos também tenham consciência e que cada um faça o seu papel.

 

Aids

Em seu pronunciamento, Iratã homenageou os portadores de deficiência pelo seu dia, afirmando que é preciso atentar mais para as questões relacionadas a eles, em especial a acessibilidade. O vereador lembrou ainda do Dia Mundial de Combate a Aids, celebrado no último domingo, dia 1º, e ressaltou a importância da prevenção e citou alguns números da doença.

 

Segundo ele, 7.500 novas pessoas adquirem Aids todos os dias e o Brasil encontra-se entre os países com o maior índice de transmissão do vírus HIV.