Palmas, Tocantins -

Ação Parlamentar


Imposto
645 visualizações

Projeto de Lei que isenta mototaxistas de ICMS na compra de nova moto chega à AL

Lelis comemora chegada de projeto que isenta mototaxistas de ICMS na compra de motocicletas: solicitação havia sido feita a quase um ano
- Atualizada em
Descrição: Deputado estadual Marcelo Lelis T1 Notícias

O deputado Marcelo Lelis (PV) comemorou a chegada de um Projeto de Lei na Assembleia Legislativa, de autoria do Governo do Estado, no qual fica estabelecida a isenção do Imposto sobre Circulação de Mercadorias e Serviços – ICMS aos Mototaxistas na compra de motocicletas, caso seja aprovado pela Casa de Leis.

O Projeto é fruto de um Requerimento apresentado por Lelis, em novembro do ano passado, quando o deputado solicitou ao Governo do Estado que encaminhasse o documento a Casa com a finalidade de isentar os mototaxistas do imposto ao adquirem suas motocicletas.

“É uma conquista da classe, e como o projeto atende uma solicitação que fizemos há quase um ano, temos muito a comemorar porque isso ajudará e muito, não só os mototaxistas, mas toda a população tocantinense que utiliza esse serviço”, ressaltou Lelis.

 

Entenda
A isenção do ICMIS, conforme o documento “já é concedida atualmente, a taxistas, que usam o veículo no trabalho autônomo privado, e a deficientes físicos, que são pessoas portadoras de necessidades especiais. A isenção é justa, no primeiro caso por motivos sociais, e, no segundo caso por motivos humanitários, e deve ser estendido também aos mototaxistas na compra de suas motocicletas”, aponta o documento.

Conforme o projeto “os efeitos extrafiscais do ICMS visam atingir um objetivo justo, beneficiar os Mototaxistas, uma classe de profissionais que hoje atuam de forma significativa no dia a dia dos cidadãos tocantinenses”.

Ainda conforme o documento, “como essa atividade atualmente tem se tornado cada vez mais essencial na vida dos tocantinenses, a necessidade deste benefício vem garantir também uma maior segurança para seus usuários, esperando assim maior garantia na preservação da vida”.