Palmas, Tocantins -

Ação Parlamentar

Ver comentários
Do Detran
742 visualizações

Protejo de Claudia quer alterar lei para que fiscais de trânsito se tornem agentes

Para ela, alteração se faz necessária para enquadramento da categoria à Emenda Constitucional 82, que qualifica a atividade e encerra uma luta da categoria por ter seu trabalho valorizado
- Atualizada em
Ascom da Parlamentar

A deputada estadual, Claudia Lelis (PV), apresentou Projeto de Lei, em caráter de urgência, na Assembleia Legislativa, nesta quarta-feira, 21, no qual solicita ao Governo do Estado que faça alteração na Lei 2.669, de 2012, que trata da função de fiscalização de trânsito. A deputada propõe que profissionais que exercem a atividade de fiscalização de trânsito e estão lotados no Detran Tocantins passem a ser denominados agentes de trânsito, alterando a nomenclatura do cargo.

 

“A atual função fiscal de trânsito é praticamente exclusiva do Estado do Tocantins, já que nos demais estados usa-se o termo agente de trânsito. Inclusive a alteração mais recente ocorreu no Estado do Pará, deixando o Tocantins como a unidade da federação que ainda resiste à mudança, até as prefeituras de Palmas, Araguaína e Gurupi, também já fizeram a adequação”, defendeu Lelis.

 

Ainda de acordo com a deputada, a alteração proposta se faz necessária para enquadramento da categoria a Emenda Constitucional 82, que faz qualificação da atividade e, ao mesmo tempo, encerra uma luta da categoria por ter seu trabalho valorizado e reconhecido.

 

Outro ponto defendido pela deputada é que a categoria não está inserida no Sistema Único de Segurança Pública, lei 13.675/2018, “estão deixando de ter acesso a importantes recursos públicos que poderiam garantir mais estrutura para a área de fiscalização e, consequentemente para a segurança pública no Estado do Tocantins, um problema que ocorre justamente por não ter as funções especificadas na legislação federal”, ponderou Claudia Lelis.

 

Os deputados Júnior Géo, PROS e Valdemar Junior, MDB, subscreveram o projeto de lei que irá agora para votação nas comissões da Assembleia.