Palmas, Tocantins -

Ação Parlamentar


No Congresso Nacional
167 visualizações

Senado aprova recuperação psicossocial para agressores de mulheres; Dorinha comenta

A construção do texto aprovado pelo Senado foi articulado pela Bancada Feminina da Câmara dos Deputados como uma das estratégias de enfrentamento à violência contra a mulher em 2018.
- Atualizada em
Divulgação

O Substituitivo n°11 de 2018, da Câmara dos Deputados, que acrescenta entre as medidas protetivas da mulher vítima de agressão o comparecimento do agressor a programas de recuperação e reeducação, incluindo acompanhamento psicossocial, individual ou em grupo, foi aprovado no Plenário do Senado Federal. A construção do texto aprovado pelo Senado foi articulado pela Bancada Feminina da Câmara dos Deputados como uma das estratégias de enfrentamento à violência contra a mulher em 2018.  



A Secretária da Mulher na Câmara, deputada professora Dorinha (DEM), afirma que a legislação trará mecanismos que buscam desconstruir o imaginário que a violência  contra a mulher é algo banal ou naturalizado. Para Dorinha, a matéria rompe conceitos estruturais ligados à ausência de igualdade entre homens e mulheres .
 


 “A mudança de postura do agressor está na percepção que a violência não é e nunca foi comportamento aceitável. A violência doméstica é um problema real na sociedade brasileira e os números são alarmantes, colocando o país no topo dos piores ranking que tratam do tema no mundo. Diante desta constatação, a Bancada Feminina está entusiasmada com a aprovação no Senado Federal e aguarda a sanção integral do Presidente Bolsonaro".

Notícias sobre:

mulher senado câmara dorinha