Wagner discute com Hospital de Amor expansão do atendimento no CER de Araguaína

Encontro realizado no Hospital do Amor, em Barretos, viabilizou parceria para implantação dos serviços de equoterapia e hidroterapia aos pacientes em tratamento no Centro Especializado em Reabilitação

O prefeito de Araguaína, Wagner Rodrigues, participou de reunião com diretores do Hospital de Amor em Barretos, para tratar de uma nova parceria para expansão do atendimento no Centro Especializado em Reabilitação (CER) de Araguaína. Além do prefeito, estiveram presentes na reunião a secretária municipal da Saúde, Ana Paula Abadia, o empresário Jeremias Demito, o médico coordenador do projeto de reabilitação do hospital, Daniel Marconi, além de engenheiros da unidade.


Durante a reunião, o prefeito Wagner reforçou a importância do projeto, que prevê a ampliação dos serviços do Centro de Reabilitação. “Nosso objetivo sempre será aumentar nossa capacidade de atender a população, de maneira especial, os pacientes em fase de recuperação no CER, que é referência em toda Região Norte. Ficamos felizes em poder contar com o Hospital de Amor que mantém suas portas sempre abertas para Araguaína”.


Equoterapia


Entre os projetos para expansão do atendimento está a inclusão da prática de equoterapia, tipo de terapia com cavalos indicada para o tratamento a pessoas deficientes ou com algum tipo de necessidade especial.

De acordo com a secretária Ana Paula, a modalidade contribuirá muito com o tratamento de vários pacientes, incluindo autistas e portadores da Síndrome de Down. “Vamos em busca de mais parceiros para implantarmos a pista de equitação para a prática da equoterapia e assim avançar no atendimento, oferecendo mais eficácia e diversidade no tratamento de muitos dos nossos pacientes”.


O cavalo é o único animal que possui o movimento tridimensional, ou seja, que se assemelha à marcha humana. O movimento que ele transmite ao praticante quando está montado é muito parecido com o movimento de caminhar, por isso, um praticante da equoterapia que não anda, ao andar a cavalo, tem a sensação de estar andando, estimulando o deslocamento do corpo, equilíbrio, coordenação, melhora no esquema corporal, facilidade na postura do tronco ereto e tônus muscular, entre outros ganhos.


Hidroterapia


Faz parte da ampliação dos serviços do CER de Araguaíns a construção de uma piscina olímpica aquecida, que também reforçará o processo de recuperação dos pacientes, por meio da hidroterapia. “Também discutimos aqui o projeto de implantação de uma piscina que será utilizada em diversos tratamentos de reabilitação física com o objetivo de buscar uma melhora da qualidade de vida do paciente, diminuindo a dor e a rigidez do corpo”, informou a secretária.


Na hidroterapia, devido às propriedades da água, é possível reduzir a carga provocada pelo peso do corpo sobre as articulações e ossos ao mesmo tempo que se mantém a resistência, permitindo o crescimento muscular, mas sem provocar lesões em outros locais do corpo. Além disso, a água aquecida permite o relaxamento muscular e o alívio da dor.


Essa forma de terapia ajuda também a diminuir problemas de postura e transmite sensação de bem-estar, melhorando a imagem corporal dos indivíduos e aumentando a autoestima, além de outros benefícios.

CER


O CER de Araguaína é referência no serviço de habilitação e reabilitação na região norte do Estado. Responsável por contribuir com a melhoria da qualidade de vida de pessoas com algum tipo de deficiência, o centro superou a marca de mais de 30 mil procedimentos realizados desde a sua inauguração, em maio de 2020.

O local atende gratuitamente pacientes com deficiências física, auditiva, intelectual e visual. A unidade funciona em parceria com o Hospital de Amor e fica localizada entre os residenciais Lago Azul e Cidade Nova.

Comentários (0)