Palmas, Tocantins -

Agenda Cultural

Ver comentários
Com novas piadas
805 visualizações

Com casa cheia, show de Whindersson Nunes esquenta a sexta-feira palmense

Uma surpresa logo no início do show animou o público, o humorista tocantinense Paulo Vieira subiu ao palco e fez as honras da casa ao abrir o show pro colega de ofício
- Atualizada em
Reprodução/ Redes Sociais do Humorista

Apesar do calor de 30° graus os palmenses puderam se divertir muito na noite desta sexta-feira, 13, com o show "A Volta do Que Não Foi" do humorista nordestino Whindersson Nunes. A quadra do Colégio Marista em Palmas foi escolhida pela segunda vez para ser palco do show e parece estar ficando pequena para o público de Whindersson. 

 

Uma surpresa logo no início do show animou o público, o humorista tocantinense Paulo Vieira subiu ao palco e fez as honras da casa ao abrir o show pro colega de ofício. Contou algumas de suas piadas conhecidas dos palmenses e aproveitou o clima descontraído para fazer uma pequena crítica quanto ao apoio para a cultura local. "Eu vim aqui só olhar pra cara de vocês mesmo, porque quando tem evento na cidade com ingresso a R$40 não dá um" brincou. 

 

Logo em seguida Whindersson subiu ao palco e foi recebido com animação pelo público. O novo repertório traz piadas sobre o período em que ele ficou em casa se recuperando de uma depressão e das viagens que ele já fez pelo mundo com a nova turnê. 

 

Mas o que faz o pessoal rir mesmo e Whindersson sabe disso, são as piadas em que ele revela situações da sua infância no interior de Bom Jesus do Piauí, sua cidade natal, e as compara com as vividas pelas crianças atualmente. 

 

Piada sobre o calor que faz na capital tocantinense também não poderia faltar. Quando chegou na cidade no início da manhã da sexta-feira, o humorista postou logo em suas redes uma imagem em que estava deitado no chão rodeado de ventiladores. Aliás, ventiladores esses que poderiam ter sido colocados na quadra do Colégio para dar mais conforto térmico ao público. Porém, com a energia que Whindersson transmite ao seu público certamente a noite continuaria quente!