Palmas, Tocantins -

Agronegócio


Feira de Tecnologia Agropecuária
756 visualizações

Agrotins Brasil 2016 será lançada no dia 9, no Centro Agrotecnológico de Palmas

A Agrotins Brasil 2016 será realizada de 3 a 7 de maio. Em 2015, a feira recebeu mais de 100 mil visitantes
- Atualizada em
Descrição: Agrotins será realizada de 3 a 7 de maio Foto: SecomTO

A 16ª edição da Feira de Tecnologia Agropecuária do Tocantins, a Agrotins Brasil, será lançada pelo Governo do Estado no próximo dia 09, às 8h30, no Centro Agrotecnológico de Palmas, no local onde acontece a feira. A Agrotins Brasil 2016 será realizada de 3 a 7 de maio. Em 2015, a feira recebeu mais de 100 mil visitantes e foram oferecidas mais de 300 capacitações gratuitas para o produtor rural.

 

O Governo do Estado, por meio da Secretaria de Desenvolvimento da Agricultura e Pecuária (Seagro) e suas vinculadas, a Agência de Defesa Agropecuária (Adapec), o Instituto do Desenvolvimento Rural (Rulraltins) e Instituto de Terras do Tocantins (Itertins), realiza a feira com o objetivo de divulgar e transferir ao setor produtivo, os conhecimentos tecnológicos gerados pela pesquisa agropecuária e industrial, bem como promover a comercialização de produtos e serviços nos diversos segmentos da agropecuária, visando o desenvolvimento sustentável do agronegócio estadual.

 

A Agrotins acontece, anualmente, dentro do Centro Agrotecnológico, ocupando 60 hectares de sua área total, onde são instaladas unidades demonstrativas de campo, área para dinâmicas, estandes, estacionamentos, praça de alimentação, vias de circulação, auditório e demais edificações de apoio. 

 

De acordo com o secretário da Agricultura, Clemente Barros, essas práticas traduzem o potencial do Tocantins e apontam os desafios aos empreendedores, pois antes estes tinham as preocupações restritas aos mercados internos, e agora são motivados a buscar novas oportunidades em mercados externos. “Sendo assim vão surgindo à necessidade contínua da adoção de tecnologia relacionada ao setor, e a Agrotins vem cumprindo um papel importante na construção e transferência de conhecimento e informação”, disse.  

 

(Com informações da Ascom/Seagro)