Palmas, Tocantins -

Agronegócio


512 visualizações

Centro Agrotecnológico de Palmas receberá unidade demonstrativa de tecnologias

Através de uma cooperação técnica firmada entre a Seagro e Embrapa, o Centro Agrotecnológico de Palmas, que recebe anualmente a Agrotins, Centro Agrotecnológico de Palmas receberá unidade demonstrativa de tecnologiasserá uma importante unidade demons
- Atualizada em

O Centro Agrotecnológico de Palmas, que recebe anualmente a Agrotins – Feira de Tecnologia Agropecuária do Tocantins será uma importante unidade demonstrativa de tecnologias. Este é o intuito da cooperação técnica firmada entre a Seagro - Secretaria da Agricultura, da Pecuária e do Desenvolvimento Agrário, a Embrapa - Empresa Brasileira de Pesquisa Agropecuária e a Unitins – Fundação Universidade do Tocantins. Na manhã desta quarta-feira, os participantes das três instituições discutiram as ações da cooperação para dinamizar o espaço do Centro Agrotecnológico.

 

O objetivo do trabalho em conjunto é executar as ações do projeto: Transferências de Tecnologia para a Consolidação de uma Agricultura com Baixa Emissão de Carbono no Tocantins – ABC/TO. Dos 350 hectares do Centro Agrotecnológico, está prevista a utilização de 6,7 hectares para a unidade demonstrativa. O intuito é cultivar soja, sorgo e uma amostra de integração lavoura/pecuária/floresta.

 

De acordo com o diretor de Desenvolvimento Agropecuário da Seagro, Ricardo Pires, o uso do Centro Agrotecnológico não é restrito à Agrotins. “O nosso objetivo com o Centro é também apoiar a capacitação e as entidades que desenvolvem pesquisa agropecuária, como a Embrapa e a Unitins”, afirmou. Segundo Pires, o local já é utilizado pela Unitins, para aulas práticas e possui algumas vitrines tecnológicas.

 

“Essa parceria vai dar continuidade a um trabalho que é feito de maneira mais intensa no período da Agrotins”, afirmou o coordenador de Desenvolvimento Tecnológico da Seagro, Fernando Garcia. Para o chefe adjunto de Transferência de Tecnologia da Embrapa Pesca e Aquicultura, Alexandre Aires Freitas, a parceria possibilitará “um espaço para otimizar o processo de capacitação no Estado”.

 

O plantio de algumas culturas será iniciado ainda este ano. Também participou da reunião o pesquisador Lucas Naoe, representando a Unitins, dentre outros técnicos da Seagro e da Embrapa Pesca e Aquicultura.

 

(Da assessoria)

Notícias sobre:

agrotins palmas tocantins