Palmas, Tocantins -

Agronegócio


Brasília
650 visualizações

Em reunião, Kátia afirma que não haverá redução de custeio na safra 2015-2016

Kátia Abreu esteve reunida com o ministro da Fazenda Joaquim Levi, ocasião em que foi discutido o Plano Agrícola e Pecuário, da safra 2015-2016. Kátia destacou que não haverá redução de custeio.
- Atualizada em
Descrição: Kátia afirma que não haverá redução de custeio Ascom

A ministra Kátia Abreu (Agricultura, Pecuária e Abastecimento) afirmou nesta quinta-feira, 21, que o Plano Agrícola e Pecuário não trará “nenhum real de redução” para o custeio da safra 2015-2016. Ela tratou de detalhes do plano durante reunião com o ministro Joaquim Levy (Fazenda), na quarta-feira, 20.

 

“Não haverá nenhum real de redução em custeio. Nós poderemos ter boas surpresas”, disse a ministra durante entrevista na manhã desta quinta. Ela destacou a importância de o ministro da Fazenda ter vindo ao encontro do Mapa para tratar do Plano Agrícola e Pecuário, da próxima safra.

 

“O último ministro da Fazenda que esteve no Mapa foi Delfim Neto, porque era ministro das duas pastas. O ministro Levy, quando fez questão absoluta de vir até aqui, demonstra sensibilidade e sinaliza que a Fazenda leva a sério a agropecuária brasileira”, destacou a ministra.

 

“Os ajustes deste ano atingirão todos os segmentos, e com o agronegócio não será diferente em relação aos juros. Mas o setor receberá uma atenção especial. Não porque os produtores são especiais, mas porque é um setor que responde muito rápido nas exportações e no barateamento do consumo interno”, afirmou Kátia Abreu. “Investir na agropecuária não é gasto, é investimento que traz retorno para o país”, finalizou.