Palmas, Tocantins -

Agronegócio


No Tocantins
1.688 visualizações

Kátia Abreu lança Agência do Matopiba e assina termos de parceria com prefeitos

A ministra destacou o potencial da região e os termos assinados tratam de parceria para atingir meta de fortalecimento da classe média rural e para aquisição de tratores.
- Atualizada em
Descrição: Agência do Matopiba é lançada em Palmas Secom Tocantins

A ministra Kátia Abreu lançou a Agência do Matopiba na manhã desta quarta-feira, 13, em Palmas, ao lado do governador Marcelo Miranda. Esse foi o primeiro compromisso oficial dela no Tocantins desde que assumiu o Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (Mapa). O evento aconteceu no auditório do Tribunal de Justiça (TJ), que ficou lotado e muita gente teve que ficar em pé.

 

“É uma honra, uma emoção muito grande estar no meu estado pela primeira vez após ocupar o Ministério. Quero agradecer a presidente Dilma pela sensibilidade de criar a Agência do Matopiba. Quero agradecer ao governador Marcelo Miranda, líderes e vereadores da Capital, uma menção especial pela recepção no aeroporto. Muito obrigada! Se hoje sou ministra, devo a Deus primeiramente e ao povo do Tocantins”, disse a ministra.

 

Em seu pronunciamento Kátia Abreu também afirmou que há um esforço concentrado para a logística de exportação, com a intenção de transformar o porto de Praia Norte, por exemplo, numa Zona de Processamento de Exportação (ZPE). A ministra ainda anunciou que o MAPA pretende alfabetizar mais de 30 mil agricultores.

 

Dados

Durante o lançamento da Agência foi apresentado um estudo profundo sobre a região do Matopiba, composta por áreas do Maranhão, Tocantins, Piauí e Bahia. Conforme os dados, a parte do Tocantins que integra o Matopiba é a que se destaca com melhores índices no Ideb e IDH, comparada a dos outros estados.

 

Também foi apresentado um mapa da renda da região, conforme levantamento da Embrapa anunciado por Evaristo Miranda. Nele constam 1.020 agricultores que geram mais de 59% da riqueza da região. Os dados mostram ainda que mais de 80% dessas propriedades são pobres e 14% são muito pobres, gerando menos de 5% da produção. Já a classe média rural representa 5% das propriedades e reponde por 26% da produção.

 

Prefeituras assinam termos

Após o lançamento da Agência do Matopiba, a ministra Kátia Abreu e 20 prefeitos de municípios que integram a região assinaram dois termos, um de parceria e outro de autorização.

 

O primeiro termo assinado autoriza os 20 municípios que estão em situação regular junto ao Governo Federal a adquirirem tratores.

 

O segundo termo trata de uma parceria entre os 20 municípios e o Governo Federal, através do Ministério da Agricultura, para atingir metas do programa nacional de fortalecimento da classe média rural.

 

Mais informações em instantes