Lançamento oficial da Agrotins 2014 acontece nesta 4ª

Marcada para ocorrer entre os dias 6 e 10 de maio, a Agrotins 2014 trará várias novidades. Dentre elas, a ampliação do espaço que promete deixá-la ainda melhor...

Agrotins 2014 terá novidades
Descrição: Agrotins 2014 terá novidades

Com o objetivo de chamar a atenção de expositores, órgãos parceiros, estudantes e produtores, será lançada oficialmente a 14ª edição da Feira de Tecnologia Agropecuária do Tocantins (Agrotins). A solenidade será realizada no auditório do Palácio Araguaia, em Palmas, a partir das 9h. Com o slogan “A Força do Conhecimento”, o Governo do Tocantins, por meio da Secretaria da Agricultura e Pecuária (Seagro), estima que a Feira alcance novos recordes de público, parceiros e movimentação financeira.   

 

Marcada para ocorrer entre os dias 6 e 10 de maio, a Agrotins 2014 trará várias novidades. Dentre elas, a ampliação do espaço que promete deixá-la ainda melhor. Em 2013, foram 612 hectares de área, sendo que agora serão acrescentados cerca de 30% na área total, incluindo área de exposição de máquinas, vitrines tecnológicas e áreas demonstrativas de campo. A intenção do Governo do Estado é reunir mais uma vez grandes expositores de todo o País com as últimas novidades em maquinário, técnicas e pesquisas, fomentando o agronegócio na região Norte do País.

 

Como o tema deste ano é agricultura familiar, a Feira terá um pavilhão voltado especificamente ao segmento. O engenheiro agrônomo da Diretoria de Agricultura Familiar da Seagro, Marcelo Gualberto, explicou que a finalidade é evidenciar a agricultura familiar. “O pavilhão contará com capacitações, experimentos, vitrines e caminhão-museu, que contará a história de movimentos sociais ligados aos agricultores familiares”.

 

Outra novidade que o Governo do Estado preparou para a Agrotins 2014 é a pavimentação asfáltica de 11 km de via, que facilitará o acesso ao Centro onde acontece a Feira. Segundo informações da Agência de Máquinas e Transportes do Tocantins (Agetrans), foram aplicados nesta obra cerca de R$ 5 milhões, oriundos de financiamentos do Estado junto ao Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES). “Sem o asfalto, era difícil o acesso. Principalmente por causa da segurança e do conforto do público visitante, dos expositores, e do pessoal que está envolvido no evento. Além disso, o Centro Agrotecnológico de Palmas tem atividades permanentes”, concluiu o diretor de Difusão Agrotecnológica, Ricardo Pires.

 

Para o secretário executivo da Agricultura e Pecuária, Ruiter Padua, a expectativa é que nesta edição sejam apresentadas muitas inovações pelas instituições de pesquisa e empresas parceiras. “Tivemos em torno de 30% de aumento de empresas que irão expor suas tecnologias de campo: novos cultivares, variedades, novas formas de cultura, entre outros, como também na área de apresentação de equipamentos”, comentou.

 

 

Comentários (0)