Palmas, Tocantins -

Agronegócio


Brasil
1.591 visualizações

Na Arábia Saudita, ministra Kátia Abreu assina fim do embargo à carne brasileira

Ministra da Agricultura celebra o fim do embargo à carne de origem brasileira após três anos de restrição da Arábia Saudita. Ela comemorou a conquista, fruto de oito meses de "trabalho duro" do Mapa
- Atualizada em
Descrição: Kátia Abreu na Arábia Saudita Foto: Divulgação

A ministra da Agricultura, Kátia Abreu (PMDB) assinou com o governo da Arábia Saudita, o fim do embargo à carne brasileira naquele País. Em missão oficial no país, a ministra disse ao T1 Notícias que o fim do embargo é a conclusão vitoriosa de um trabalho duro que já vinha acontecendo nos bastidores há 8 meses. “Venderemos 50 mil toneladas de carne brasileira, no valor de US$ 70 milhões de dólares”, informou a ministra, por telefone.

 

Assinaram o fim do embargo as autoridades sauditas que correspondem à Anvisa brasileira. O termo abre o mercado brasileiro ao mercado Saudita, mas as exportações estimadas pela ministra dizem respeito à comercialização nos países árabes na região.

 

“Várias empresas frigoríficas brasileiras estavam esperando por esta queda do embargo, que já durava três anos”, explicou Kátia Abreu ao T1 Notícias

 

Articulando investimentos no Matopiba

A senadora tocantinense articula ainda na sua viagem à Arábia Saudita, investimentos para ar região do Matopiba. “A partir de janeiro teremos várias missões do governo e empresários interessados em investir na região do Matopiba. São empresários interessados em grãos, irrigação, produção de carne vermelha e frigoríficos, plantio de florestas e investimento grande em peixes”, antecipou a ministra.

 

A região do Matopiba foi criada no quinto mês da ministra Kátia Abreu à frente do Ministério da Agricultura e caminha para mudar a realidade econômica da última fronteira agrícola do Brasil, atraindo investidores nacionais e internacionais. “Estou muito feliz. Só isto já valeria minha passagem pelo Ministério da Agricultura”, comemorou Kátia Abreu.