Palmas, Tocantins -

Agronegócio


Em Alagoas
1.037 visualizações

Paulo Carneiro vai com Dilma e Kátia a inauguração de trecho do Canal do Sertão

Presidente do Sistema Faet/Senar também participa da abertura oficial da 51ª Expofeira do Amapá e visita ao Porto de Santana
- Atualizada em
Descrição: Comitiva da Faet acompanha ministra Kátia Abreu Ascom Faet/Senar

O presidente da Federação da Agricultura do Estado do Tocantins (Faet), Paulo Carneiro, faz parte da comitiva da ministra da Agricultura, senadora Kátia Abreu, durante visita à 51ª Expofeira Agropecuária do Amapá, nesta quinta-feira, 5, em Macapá. Dentro da programação foi realizada uma visita ao Porto de Santana, que tem um papel estratégico no que diz respeito ao transporte de cargas via Canal do Panamá, na América Central, que dinamiza a travessia do Oceano Atlântico para o Oceano Pacifico.

 

Na abertura oficial da 51ª Expofeira Agropecuária do Amapá, a ministra Kátia abreu destacou que esta exposição tem se consolidado “como um grande evento de negócios, evidenciando o desenvolvimento econômico do Estado”. O parque de exposições onde é realizada a feira, tem uma extensão de 116 metros quadrados, e está sendo utilizado para discussões, palestras, mostra de produções agrícolas, comercialização de produtos de pequenos, médios e grandes empreendedores, além de atividades esportivas, como o rodeio, e de lazer como os shows musicais.


 

Durante cerimônia no pavilhão do parque, Kátia Abreu confirmou que o Ministério da Agricultura ajudará o governo do Amapá a fortalecer a defesa agropecuária, especialmente em relação à febre aftosa. A pasta destinará R$ 2 milhões para ajudar o estado no combate à doença. A ministra anunciou também que 500 produtores rurais amapaenses serão atendidos este ano pelo programa de ampliação da classe média rural brasileira, recebendo assistência técnica e cursos de qualificação profissional.

 

Canal do Sertão

No período da tarde a comitiva, com a presença da presidente Dilma Roussef, irá participar da inauguração do 3º trecho do Canal do Sertão, em Alagoas. A obra, localizada a 304 quilômetros de Maceió, é uma das maiores do Nordeste, e vai levar água do Velho Chico para municípios alagoanos, beneficiando cerca de 1 milhão de pessoas, em 42 municípios.

 

Financiado pelo governo federal, o Canal do Sertão tem orçamento de R$ 2,3 bilhões. Atualmente, já tem 65 quilômetros construídos e disponibiliza água para consumo humano, animal e atividade agrícola nos municípios alagoanos de Delmiro Gouveia, Pariconha e Água Branca. Ainda dentro da agenda oficial, o presidente Paulo Carneiro, a ministra Kátia Abreu e a presidente Dilma Roussef se reúnem com lideranças empresarias do estado de Alagoas na capital, Maceió.