Palmas, Tocantins -

Agronegócio


Queda
1.299 visualizações

Safra do arroz irrigado deve sofrer queda de 0,4% comparada ao ano passado

A safra de arroz irrigado deve sofrer queda de 0,4% se comparada ao ano passado. A informação é do Diretor de Sustentabilidade da Seagro, Corombert Leão, que explicou que está prevista a colheita de 332,30 mil toneladas, contra 333,64 da safra 2010/2
- Atualizada em
Descrição: Arroz irrigado web

“Para o arroz irrigado a previsão da Comissão Estadual de Levantamento de Informação Agrícola é negativa em 0,4% com relação a safra passada. Está previsto a colheita de 332,30 mil toneladas, contra 333,64 da safra 2010/2011”, informou o Diretor de Sustentabilidade da - Seagro, Corombert Leão, sobre a produção do arroz irrigado no Estado.

 

Segundo Oliveira, para contribuir com o desenvolvimento desta cultura estão previstos a implantação do centro de pesquisa de arroz irrigado na região de Lagoa da Confusão. “Estamos com a previsão de realizar a implantação de uma Escola Técnica pela Secretaria de Ciências e Tecnologia na área de irrigação voltada para a produção de grãos e frutas, abrangendo não só a parte agronômica, mas também de operacionalização, instalação e manutenção dos equipamentos de irrigação. Lagoa da Confusão é o maior produtor desta cultura no Estado”, lembrou.

 

O diretor explicou também que para facilitar a comercialização do arroz e diminuir o seu custo final, o Governo do Estado implantou alguns programas. “Entre os programas implantados está o Compra Direta, que não se limita ao arroz e é destinado aos produtores da agricultura familiar para atender hospitais, escolas e creches. O retorno é positivo com o aumento da renda local, maior qualidade do produto e para o produtor traz uma menor dependência do atravessador e menor custo no frete”, destacou.

 

Ainda segundo Oliveira, o arroz produzido é exportado para o estado de Goiás e para o Nordeste. 

 

 

 

Notícias sobre:

arroz irrigado tocantins queda