Wanderlei terá marqueteiro nacional e Lincoln, da TV 3, como executivo de campanha

Governador anunciou o marqueteiro de renome nacional Paulo Moura no comando da estratégia de comunicação de sua campanha à reeleição, enquanto Lincoln Jr. será o regional

No quadro das definições do marketing eleitoral no Tocantins neste ano, o governador Wanderlei Barbosa anunciou no final de semana a contratação do pernambucano Paulo Moura, marqueteiro de renome nacional, para comandar a estratégia de comunicação de sua campanha para governo do Estado, na disputa pela reeleição.

 

Moura chega num pacote nacional do Republicanos e deverá orientar, além da campanha do Tocantins, mas dois ou três candidatos a governador pelo País. Nos bastidores, o empresário Lincoln Júnior de Morais, da TV 3, é tido como o marqueteiro regional da campanha, e deve ser o Executivo que comandará a campanha no Estado.

 

Paulo Moura, que esteve recentemente com o presidente Jair Bolsonaro, levado pelo ex-ministro (sanfoneiro) do Turismo, Gilson Machado, havia sido consultado também pelo PT para fazer a campanha de Paulo Mourão ao governo do Tocantins. Ele, que foi marqueteiro do governador Wellington Dias, PT do Piauí, já fez campanhas para partidos diversos.

 

 

A tendência é que Paulo Moura faça as orientações gerais, leitura de pesquisa e direção do programa de TV, montando uma equipe regional sob a batuta de Linconl.

 

Kátia Abreu contrata João Neto e dispensa marketing nacional

 

A senadora Kátia Abreu, que tem caminhado com o governador Wanderlei Barbosa desde as primeiras semanas do seu governo, já tem no comando da sua campanha, o marqueteiro João Neto, ex-secretário de comunicação do ex-governador Mauro Carlesse. Kátia, que a princípio traria um marqueteiro nacional, decidiu tocar a campanha com João e já monta equipe.

 

Na semana que passou, a senadora enfrentou a repercussão negativa de um vídeo que fez pedindo doações de roupas usadas para comunidades indígenas, que foi respondida pela cacique Creuza Krahô, da Aldeia Sol, de Goiatins. O marketing de campanha optou por não responder e seguiu com as plenárias do PP pelas regiões do Estado.

 

Na oposição, o pré-candidato Ronaldo Dimas trabalha com a Public, o governadoriável Paulo Mourão não definiu agência, e nem o pré-candidado do PSC/PSB, Osires Damaso.

Comentários (0)