Palmas, Tocantins -

Brasil


Azul e Embraer
267 visualizações

Empresas assinam acordo final para compra de até 50 aeronaves

O contrato para a compra dos E-Jets tem o valor estimado de US$ 3,2 bilhões pelo atual preço de lista da Embraer, caso todos os direitos de compra também sejam exercidos
- Atualizada em

A Azul, terceira maior empresa aérea brasileira, e a Embraer comunicaram ao mercado, na quinta-feira, 21, um acordo final para a venda firme de 30 jatos E-195-E2. O contrato, anunciado como Carta de Intenções durante a edição 2014 da Feira Internacional de Farnborough, também contempla direitos de compra para 20 jatos adicionais do mesmo modelo, elevando o potencial da encomenda total para até 50 aeronaves.

 

Segundo o comunicado, o contrato para a compra dos E-Jets tem o valor estimado de US$ 3,2 bilhões pelo atual preço de lista da Embraer, caso todos os direitos de compra também sejam exercidos. Os pedidos firmes serão adicionados à carteira de pedidos da Embraer para o segundo semestre de 2015. A primeira entrega está prevista para o segundo trimestre de 2020.

 

Atualmente, a Azul tem um total de 82 E-Jets em operação e mais seis pedidos em carteira. A empresa opera a maior frota de jatos E195 no mundo. Com esta encomenda da Azul, a carteira dos E-Jets E2 alcança 242 pedidos firmes, alem de 348 opções e direitos de compra.

 

Notícias sobre:

azul embraer e-jets aeronaves acordo