Palmas, Tocantins -

Brasil


Educação
486 visualizações

Encceja 2019: estudantes podem se inscrever a partir de hoje

O resultado do exame pode ser utilizado para certificação do ensino Fundamental ou Médio
- Atualizada em
Descrição: Encceja 2019: inscrições começam hoje Divulgação

Estão abertas, a partir desta segunda-feira (20), as inscrições para o Exame Nacional para Certificação de Competências de Jovens e Adultos (Encceja) 2019. O procedimento deve ser realizado na página do exame disponível na internet informando os dados de CPF e data de nascimento. O prazo será encerrado no dia 31 deste mês e as provas acontecem em 25 de agosto de 2019.

 

São gratuitas as inscrições para o Encceja 2019. Podem participar pessoas que não concluíram as etapas da educação básica no período regular e desejam obter a certificação, desde que atendam aos requisitos mínimos de idade. De acordo com o Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (Inep), o certificado do Ensino Fundamental requer, pelo menos, 15 anos completos na data da prova. Para o certificado do Ensino Médio, a idade mínima exigida é de 18 anos.

 

Confira aqui o edital

 

As provas do Encceja 2019 serão aplicadas em mais de 600 municípios, divididas entre os turnos matutino e vespertino. No Ensino Fundamental, as avaliações serão de Ciências Naturais; História e Geografia; Língua Portuguesa e estrangeira, Artes, Educação Física e Redação; além de Matemática. Já o Encceja Ensino Médio aplicará questões de Linguagens e Redação; Matemática, Ciências Humanas e Ciências da Natureza.

 

Saiba mais: qual a diferença entre o Enem e o Encceja?

 

Resultado do Encceja 2019

 

Pode ser utilizado o resultado do Encceja 2019 de duas formas. Quem obtiver nota mínima de 100 pontos em todas as provas objetivas e cinco pontos na redação pode solicitar a certificação do respectivo nível de ensino. Quem alcançar a pontuação mínima em pelo menos uma prova – mas não em todas – pode solicitar a proficiência.

 

Certificação ou Proficiência

 

Embora o Inep aplique as provas, cabe às secretarias estaduais de educação e aos Institutos Federais de Educação, Ciência e Tecnologia a emissão da certificação ou da proficiência. Os participantes podem escolher a instituição certificadora. O exame é aplicado desde 2002 para pessoas que se enquadram na modalidade Educação de Jovens e Adultos (EJA). Os participantes podem estar localizados em território brasileiro (Encceja Nacional) ou internacional (Encceja Exterior). Há também a aplicação das provas para Pessoas Privadas de Liberdade (Encceja PPL).

 

Agência Educa Mais Brasil