Palmas, Tocantins -

Café Online

Ver comentários
Roberta Tum

Roberta Tum


roberta.tum.9 @robertatum
Colunista do editorial Café Online

Extinção de contratos
2.247 visualizações

Amastha critica atos do governo Carlesse: “impossível ficar calado”

- Atualizada em

Em nota enviada ontem, 2, à imprensa, o ex-prefeito de Palmas e presidente do PSB Estadual, Carlos Amastha, reforçou ser contra a extinção de mais de 15 mil contratos com servidores do Tocantins, feita pelo governador Mauro Carlesse (PHS). “Impossível ficar calado. O cara contrata milhares afundando o Estado. Depois da vitória eleitoral demite os pais de família. Isso pode? Absurdo brincar com o Estado e com as famílias”, disse. Amastha pontuou ainda o impacto das demissões na economia local. “Não somente na Capital veremos os reflexos negativos das demissões executadas por Carlesse. As cidades do interior também serão afetadas. É preciso gerar empregos e não desemprego em massa”. Finalizando, o ex-prefeito, que disputou a eleição ao governo estadual em outubro, “tratar o cidadão dessa forma, buscando apenas ser eleito, é vergonhoso. Muitos tocantinenses estão cansados desse tipo de manobra e vêem o cenário totalmente instável no Estado e a fragilidade do atual governo em tomar decisões. Vamos continuar vigilantes”, finalizou Amastha.