Palmas, Tocantins -

Café Online

Ver comentários
Roberta Tum

Roberta Tum


roberta.tum.9 @robertatum
Colunista do editorial Café Online

Câmara de Palmas

CPI PreviPalmas solicita à Caixa devolução dos valores aplicados indevidamente

- Atualizada em

Na noite ontem, 5, a Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI) deu continuidade aos trabalhos da CPI com os depoimentos das testemunhas, Ivete Magali Winter e Carlos Eduardo Franco, representantes da Icla Trust e MHFT Investimentos, empresas administradoras do Fundo Cais Mauá e Danielle Rodrigues dos Santos, ex-assessorar jurídica do PreviPalmas. Além das testemunhas ouvidas, os membros da Comissão deliberaram, durante a sessão, um requerimento solicitando à Caixa Econômica Federal devolução dos valores pertencentes ao Instituto de Previdência de Palmas, às contas correntes de origem, devidamente corrigidos monetariamente, tendo em vista que os mesmos foram transferidos indevidamente. “Estamos tendo uma luz ao fim do túnel em relação às pessoas diretamente envolvidas. Mais do que isso, nós precisamos obter uma luz em relação ao recurso a ser devolvido aos servidores municipais. O trabalho da CPI já valeu a pena desde o processo inicial, nós já descobrimos muitas coisas que remetem a irregularidades cometidas e possibilidades que podem levar a recuperação do dinheiro através da Caixa Econômica Federal”, destacou o presidente da CPI, vereador professor Júnior Geo (PROS). Sobre os próximos trabalhos da CPI, Júnior Geo destacou que isso ainda será definido entre os membros da Comissão. “Iremos analisar se será necessário convocar novas testemunhas, quais serão os próximos passos da CPI. Estamos buscando desenvolver os trabalhos da melhor forma possível para que os servidores possam dormir com um pouco mais de tranquilidade em relação a sua aposentadoria futura”, pontuou.