Palmas, Tocantins -

Café Online

Ver comentários
Roberta Tum

Roberta Tum


roberta.tum.9 @robertatum
Colunista do editorial Café Online

Na Assembleia

Deputado quer proibir cobranças extras por personal trainer

- Atualizada em
Da web

A cobrança de taxas extras em academias de ginástica para alunos que optarem pelo acompanhamento de professor particular (personal trainer), pode deixar de existir. Isso porque um Projeto de Lei (PL) sobre a questão foi apresentado na Assembleia Legislativa, pelo deputado Ricardo Ayres (PSB), e já tramita na Comissão de Constituição, Justiça e Redação (CCJ). De acordo com um dos artigos do PL, as academias ficarão obrigadas a fixar, em local de fácil visualização, cartaz informando que os usuários poderão ser acompanhados por seu professor particular. O autor avaliou que o projeto pretende corrigir uma postura adotada por academias de ginásticas no Tocantins, que é cobrar taxas extras por hora-aula, configurando o uso de sobretaxa e cobrança indevida para o aluno. Os estabelecimentos, em contrapartida, poderão exigir do personal trainer a apresentação da Cédula de Identificação Profissional (CIP), emitida pelo Conselho Regional de Educação Física.

Notícias sobre:

ricardoayres projetodelei