Palmas, Tocantins -

Café Online

Ver comentários
Roberta Tum

Roberta Tum


roberta.tum.9 @robertatum
Colunista do editorial Café Online

Taxas em duplicidade

Empresários do ramo de veículos levam demandas ao presidente do Detran

- Atualizada em

Na manhã desta terça-feira, 5, o presidente da Associação Comercial e Industrial de Palmas (ACIPA), Joseph Madeira, esteve em reunião com o presidente do Departamento Estadual de Trânsito (DETRAN-TO), Colemar Câmara, na sede do órgão. O encontro, articulado pelo presidente da Acipa, contou também com a presença de empresários do setor de vendas de veículos. A ideia para o encontro nasceu da necessidade de sensibilizar e demonstrar as dificuldades que os empresários têm passado. “O objetivo é levar as demandas e expor as dificuldades que tem sido enfrentadas pelos mesmos para a compra, transferência e demais serviços referentes à venda de veículos”, apontou o presidente Joseph. Entre as demandas do setor está a solicitação para que algumas taxas, como a de vistoria do veículo, não sejam pagas em duplicidade, uma na hora do pagamento do IPVA e outra na transferência desse veículo para o novo proprietário, sendo apresentadas ainda algumas dificuldades que os mesmos têm sentido ao buscar atendimento no Detran e nos sistemas do órgão, desde a queima de um dos aparelhos de servidor. O empresário Gilton Oliveira foi um dos convidados para a reunião e falou sobre a importância desse espaço de diálogo. “Participar deste encontro é fundamental para encontramos uma solução para os problemas que têm acontecido e dificultado nosso trabalho. O presidente do Detran-TO falou sobre seus esforços para solucionar os problemas referentes ao aparelho de servidor queimado e se comprometeu em verificar a duplicidade de pagamento de taxas quanto à venda e transferência de veículos. “Encontramos um órgão defasado e com um aparelho de servidor que estava há mais de dez anos sendo utilizado e sem manutenção desse sistema, mas, aos poucos, estamos colocando as coisas em seu devido lugar e acredito que logo vamos solucionar essas demandas quanto ao sistema. Sobre as taxas, estarei verificando e, se confirmada essa situação, vamos procurar resolver este problema”, explicou Colemar.