Palmas, Tocantins -

Cidades


Fortaleza do Tabocão
1.941 visualizações

6° Cavalgada do Senhor do Bonfim resgata tradição e cultura

Aconteceu no último domingo a 6° Cavalgada do Senhor do Bonfim, que é tradição da 33ª Romaria do Senhor do Bonfim e 6ª ExpoTabocão que acontecem na mesma data.
- Atualizada em

A cavalgada do Senhor do Bonfim, que aconteceu no último domingo, 12, em Fortaleza do Tabocão atraiu cerca de 3 mil pessoas, de acordo com informações da Polícia Militar. A cavalgada já é tradição da 33ª Romaria do Senhor do Bonfim e 6ª ExpoTabocão que acontecem na mesma data.

 

A equipe do Portal T1 Notícias acompanhou o desfile das comitivas e populares pelas principais ruas da cidade em cavalos e bois rumo ao Santuário do Senhor do Bonfim. De acordo com um dos organizadores e presidente do Sindicato Rural do município, Ambrósio Filho Leão, a cavalgada é uma forma de manter a tradição e a cultura.

 

“A festa sem a cavalgada é impossível, a festa é tradição. Estamos inseridos num mundo de muita modernidade e acabamos esquecendo nossas raízes, nossa cultura. E esse é o objetivo, não deixar que a identidade cultural seja perdida”, afirmou o presidente.

 

Cultura e tradição

 

O estudante Márcio Júnior, integrante da comitiva Ranchão Country, de Itacajá, disse ao Portal T1 que participar da cavalgada é também uma forma de valorizar a fé. “Aqui é uma maneira de renovar, demonstrar e viver a fé. É a festa de nossas raízes. Mostramos aqui a vida do homem da roça”, frisou Júnior.

 

O presidente do Sindicato Rural de Guaraí, Raimundo Pessoa, contou que participa do evento todos os anos. “Esta é a 6° cavalgada e minha comitiva participou de todas. Vivemos numa sociedade industrializada e esta é uma oportunidade de resgate a tradição. Aqui o patrão é empregado, a criança e o idoso, a mulher e o homem são iguais. Todos interagem pelos verdadeiros valores”, ressaltou Pessoa.

 

A dona de casa, Maria Aparecida da Silva, explicou que desde criança percorria os municípios vizinhos acompanhada do pai e se emocionou ao contar sua trajetória. “Hoje estou com 54 anos, muito já foi perdido, mas já viajei muito nosso Estado quando ainda era Goiás. Meu pai acompanhava as comitivas e ficávamos mais de 60 dias fora de casa. O povo respeitava mais, tinha mais amor e nossa juventude precisa ter mais esse cuidado com a tradição”, contou Aparecida.

 

Comitivas

 

Participaram da cavalgada comitivas dos municípios de Barrolândia, Itacajá, Santa Fé, Pedro Afonso, Guaraí, Santa Maria, Bom Jesus, Colmeia, Itaporã e Fortaleza do Tabocão, além de moradores e populares.

 

Procissão

 

A 33° Romaria e a 6° ExpoTabocão se encerram nesta quarta-feira, 15, moradores, romeiros e devotos do Nosso Senhor do Bonfim participam da procissão  às 18 horas, saindo da Igreja Nossa Senhora Aparecida até o Santuário do Senhor do Bonfim. Logo em seguida, é celebrada a missa pelo bispo Dom Philip Dickmans, da Diocese de Miracema.