Palmas, Tocantins -
Acordo Judicial
1.791 visualizações

Advogado e pais de adolescente supostamente agredido no #EleNão entram em acordo

Documento foi assinado na manhã desta terça-feira, na sede da OAB-TO; ambos lados reconheceram excessos
- Atualizada em

O advogado que vinha sendo acusado de agredir um adolescente neste último sábado, 29, Edy César, a mãe do jovem, que chegou a postar um vídeo nas redes sociais o acusando, Glaucia Carvalho, e o pai, Alfredo Branchina, entraram em acordo na manhã desta terça-feira, 02. O termo foi assinado pelos três na Ordem dos Advogados do Brasil no Tocantins (OAB-TO).

 

O documento teve como testemunhas o presidente da OAB-TO, Walter Ohofugi, e os advogados Leandro Manzano, Carlos Elias Benevides e Zenil Drumond.

 

Nas cláusulas definidas pelos envolvidos no caso, ficaram acordados que Edy reconheceu que “embora motivado pela percepção de resguardo de sua família, excedeu-se em seus atos” e os pais do adolescente, “após tomarem conhecimento do fato, como reação natural, publicou vídeo nas redes sociais, o que reconhece os reflexos negativos”.

 

Eles comprometeram, ainda, a retirar o vídeo postado no Youtube, “bem como todas as postagens publicadas nas demais redes sociais”.  A mãe do adolescente afirmou, no termo de acordo, que “motivada pelo natural escopo de proteção ao filho, excedeu-se em suas manifestações”.

 

Os três acordaram em renunciar entre si, em caráter irrevogável e irretratável, “ao direito atual e futuro de postularem nas esperas civil, criminal e administrativa”.

 

Ao T1, Edy falou que o acordo foi importante. "É público e notório que meu perfil é de conciliação. Nunca agredi fisicamente qualquer pessoa em minha vida e não seria agora q isso iria ocorrer. Mantenho na defesa da justiça e do estado democrático de direito”.

 

O advogado afirma, ainda, que apesar de ter sofrido ataques de muitas pessoas nas redes, entende que a repercussão deu-se pelo fato do momento de tensão no Brasil, pela proximidade das eleições. "Espero que estes se redimam de seus erros, bola pra frente”, finalizou.