Palmas, Tocantins -

Cidades


Sesc Tocantins

Alimentos arrecadados no DF serão distribuídos pelo Sesc em Araguaína

Em Araguaína, serão distribuídas 2.100 cestas básicas, abrangendo também a cidade de Tocantinópolis, a instituições sociais cadastradas no Programa, conforme listagem e quantitativos a seguir:
- Atualizada em
Divulgação Sesc

Nesse tempo de isolamento social devido a pandemia causada pelo coronavírus, o Sistema Fecomércio Tocantins, por meio do Mesa Brasil Sesc, segue pegando alimentos onde sobra e levando aonde falta. A mais recente ação do Programa foi o recebimento de 5.166 cestas básicas doadas pelo Mesa Brasil Sesc do Distrito Federal, arrecadadas nas lives do Festival Fome de Música. Essa quantidade de cestas dará para alimentar cerca de 20.644 pessoas em Palmas, Araguaína e Gurupi, e em alguns municípios de seus entornos. A primeira cidade a receber parte dessa doação, ou seja, o total de 2.100 cestas, será Araguaína, com as entregas a serem realizadas entre os dias 1º e 13 julho desse ano. Como sempre, essa ação cumprirá todas as normas de segurança em saúde, como o uso de máscaras, higienização e distanciamento pessoal. Informações pelos telefones (63) 3416-0155 e 9 9247-3032.

 

Em Araguaína, serão distribuídas 2.100 cestas básicas, abrangendo também a cidade de Tocantinópolis, a instituições sociais cadastradas no Programa, conforme listagem e quantitativos a seguir:

 

Apae de Araguaína – 110; Associação Movimento Ecológico Amigos do Meio Ambiente (Ameama) – 120; Rotary Club – 119; Cordeirinhos de Jesus – 70; Associação de Moradores da Barra da Grota – 90; Associação de Moradores do Setor Tiuba – 80; Associação de Mulheres Rosa de Saron – 60; Projeto Shekinah – 100; Centro Espírita Lar de Emanuel – 60; Centro Espírita Vale do Amanhecer – 70; Centro Espírita Eurípedes Barsanulfo – 100; Casa de Recuperação Bom Pastor -  20; Centro Espírita Camille Flamarion – 60; Conselho Consultivo da Associação de Bairros de Araguaína – 120; Fundação Setúbal –  50; Congregação Fonte de Fé – 56; Comunidade Theofora – 20; Instituto Humanitário Anita Luiza – 150; Paróquia Sagrado Coração de Jesus – 240; Centro Espírita Mansão da Paz – 90; Núcleo Espírita Bezerra de Menezes – 50; Associação Novo Horizonte – 183; e Apae de Tocantinópolis – 82.

 

O Mesa Brasil Sesc de Palmas e de Gurupi também receberão parte dessa doação do Fome de Música, sendo 1.899 cestas destinadas para Gurupi e 1.167 para a capital. A previsão de entrega também é ainda neste mês de julho.

 

Fome de Música (DF)

 

O Fome de Música é um projeto que tem como objetivo acabar com a fome no Brasil, por meio de uma tecnologia social que une artistas, produtoras, shows, festas e festivais para arrecadar e destinar alimentos para quem precisa. O projeto se uniu com o Mesa Brasil Sesc no DF, que existe em Brasília desde em 2003. Vários artistas já participaram do Projeto por meio das lives, como Wesley Safadão, Xand Avião, Jorge & Mateus, Alok, Marcelo Falcão, Xandy Harmonia, Ludmilla, Leo Santana, entre outros. (Fonte: https://sescdf.com.br/instituicoes-do-ceara-e-do-distrito-federal-recebem-mais-de-8-mil-cestas-basicas-arrecadadas-pelo-festival-fome-de-musica/ - acesso em 29/06/20). Para saber mais sobre o Fome de Música, acesse https://www.fomedemusica.com/.

 

Mesa Brasil Sesc

 

Um Programa do Sesc Nacional, o Mesa Brasil Sesc tem como objetivo diminuir a fome no País. Sua missão é fazer com que os produtos e doações cheguem gratuitamente ao maior número de pessoas em situação de vulnerabilidade social. Sob o tema “pegar alimento onde sobra e levar aonde falta”, e atua por meio de parcerias com supermercados, atacadistas e doadores, distribuindo os alimentos recebidos junto às instituições beneficentes parceiras do Programa, estas que fazem a entrega final dos mesmos junto às famílias nelas cadastradas. Implantado há 16 anos no Tocantins, o Programa possui unidades em Palmas, Araguaína e Gurupi.

 

Sobre o Sesc

 

O Serviço Social do Comércio (Sesc) é uma entidade privada sem fins lucrativos administrada pela Fecomércio Tocantins, que é ligada a Confederação Nacional do Comércio de Bens, Serviços e Turismo (CNC). Por meio do acesso à cultura, educação, saúde, esporte, lazer e assistência, são oferecidos serviços e ações que melhoram a qualidade de vida dos brasileiros através de suas mais de 580 unidades por todo o país.