Palmas, Tocantins -

Cidades


Ajuda na pandemia
439 visualizações

Ao completar 11 anos, Grupo Umbandista Tenda do Caboclo distribui cestas básicas

A Tenda do Caboclo, que completou, no último dia 2 de julho, 11 anos de funcionamento, faz um atendimento espiritual gratuito, na região Sul do Plano Diretor da Capital.
- Atualizada em
Divulgação

O sacerdote de umbanda Gildener de Souza, mais conhecido como Pai Gil, da Tenda do Caboclo, que funciona no Plano Diretor de Palmas, liderou uma equipe de médiuns da casa, no último final de semana, para distribuição de cestas básicas arrecadadas por frequentadores e amigos de sua casa.

 

 

A Tenda do Caboclo, que completou, no último dia 2 de julho, 11 anos de funcionamento, faz um atendimento espiritual gratuito, na região Sul do Plano Diretor da Capital. Pai Gil é vice-presidente da Fecanto (Federação das Casas de Culto de Matrizes Africanas do Tocantins) e explica esse tipo de ação nesse momento de pandemia.

 

“Esse projeto está em andamento desde o início da pandemia, auxiliando primeiramente os próprios filhos que estão em situações difíceis. Este último ato foi uma cooperação dos irmãos da casa”, explica Pai Gil, para quem já foram entregues 90 cestas em duas localidades.

 

 

“No último final de semana, levamos para casa da Mãe Isa as cestas básicas para auxiliar os filhos dela, que não estão conseguindo receber o benefício dos órgãos públicos, e entregamos também as cestas para o residencial Norte 1, na zona Norte da cidade”, detalhou Pai Gil. Ele diz que existe muita gente carente precisando de ajuda e que continua recebendo as doações e fazendo as entregas. “É a nossa obrigação como umbandistas e como irmãos de axé apoiar as pessoas carentes nos momentos de dificuldades. A caridade abre portas para nós mesmos”, observou.

 

11 anos praticando a caridade 

 

A Tenda do Caboclo começou funcionando nos fundos de sua residência e, durante um período, foi vítima de intolerância religiosa por vizinhos, o que levou a mover uma ação na Justiça. Pai Gil garante que a Tenda do Caboclo é uma Casa de resistência a todo tipo de preconceito.

 

 

“Começamos a funcionar com quatro pessoas: eu, minha esposa Daniela, meu cunhado e minha sogra, com estudos e doutrina. Aí foram chegando os filhos e, com muita luta, começamos a fazer uma casa de umbanda sagrada totalmente voltada para a caridade à comunidade, porque a força dos orixás é maior”, explicou Pai Gil.
 

“Somos pioneiros em muitas coisas no tocante a umbanda em Palmas, principalmente na luta e na resistência contra o preconceito e a intolerância religiosa. Somos hoje uma das maiores casa de umbanda de Palmas, que venham mais 11 anos de axé”, comemora o umbandista.

 

Redes sociais e outros meios para entrar em contato: 

 

Facebook: Atendadocaboclopalmas

Instagram: @Atendadocaboclopalmas

YouTube: Conexaoumbanda

E-mail: palmasatendadocaboclo@gmail.com