Palmas, Tocantins -

Cidades


Atropelamento de médico
1.188 visualizações

Após 15 dias em UTI de Palmas, estado de saúde de Pedro Caldas melhora e é estável

O paciente segue respirando por aparelhos, mas os medicamentos estão sendo reduzidos para a retirada do coma induzido e Pedro está melhorando a cada dia
- Atualizada em
Descrição: Pedro Caldas foi atropelado no último dia 12 Divulgação

Um novo boletim divulgado pela Unidade de Terapia Intensiva do Hospital Oswaldo Cruz, em Palmas, na manhã desta segunda-feira, 27, informou que o médico Pedro Caldas segue internado na UTI e seu estado de saúde é estável. Ainda conforme a nota, o paciente segue respirando por aparelhos, mas os medicamentos estão sendo reduzidos para a retirada do coma induzido e Pedro está melhorando a cada dia.

 

O médico está internado há 15 dias. Ele foi atropelado no último dia 12, enquanto treinava com um grupo de assessoria esportiva nas proximidades da TO-050, em Palmas. Pedro sofreu traumatismo craniano após ter sido atingido por um veículo de passeio e jogado no para-brisas do carro. Ele passou por duas cirurgias neurológicas.

 

Outros ciclistas que faziam o mesmo percurso teriam presenciado o acidente. Segundo a polícia, a motorista que conduzia o carro apresentava sinais de embriaguez e não apresentou carteira de habilitação. A jovem de 21 anos foi levada para a Central de Flagrantes da Polícia Civil onde pagou uma fiança de R$ 3 mil e foi liberada.

 

Outro atropelamento

 

No último dia 19 o educador físico Marco Túlio Pereira de Sousa, de 42 anos, também foi atropelado por um carro em frente ao Aeroporto de Palmas. O professor de educação física estava treinando um grupo de 22 ciclistas, para o Campeonato Estadual de Triathlon, quando foi atingido. Marco Túlio foi o único atingido e sofreu escoriações pelo corpo.

 

Área para ciclismo

 

Os recentes acidentes tem mobilizado os ciclistas da Capital por mais segurança no trânsito. A Comissão de Redação, Constituição de Justiça da Câmara Municipal de Palmas recebeu recentemente o Projeto de Lei de autoria do vereador Tiago Andrino (PSB) que prevê a criação de Áreas de Proteção ao Ciclismo de Competição. O parlamentar pediu celeridade e sensibilidade aos colegas para que o projeto seja tramitado com urgência. O projeto determina que cabe ao Poder Executivo determinar os trechos e horários de funcionamento diário das APCCs e regulamentar em sessenta dias esta Lei, o valor da multa aplicável em razão de seu descumprimento, fixando inclusive a operacionalização da segurança de tráfego.