Palmas, Tocantins -

Cidades


Combate à Covid-19
1.004 visualizações

Após orientação do COE, praças e parques de Palmas não serão reabertos na segunda, 8

A decisão foi revista pelo Centro em Operarão em Saúde (COE Palmas) que recomendou a continuidade das determinações do decreto de emergência que suspende as atividades nesses espaços públicos.
- Atualizada em
Luciana Pires/Prefeitura de Palmas

Por demandar um protocolo diferenciado de higienização, principalmente nos equipamentos de ginástica e playground, praças e parques como o Parque Cesamar não serão reabertos nesta segunda-feira, 8, conforme o município de Palmas já havia anunciado anteriormente. A decisão foi revista pelo Centro em Operarão em Saúde (COE Palmas) que recomendou a continuidade das determinações do decreto de emergência que suspende as atividades nesses espaços públicos.

 

O momento requer cautela, uma vez que o quadro epidemiológico da Capital "não está controlado, mas sob controle", conforme explicou o secretário da Saúde na última coletiva do dia 29 de maio. Isso quer dizer que pelo cenário da Covid-19 na cidade, o Município está preparando para o atendimento dos casos. Mas em caso de mudança da realidade atual as medidas poderão ser revistas, podendo suspender as restrições ou determinar a continuidade do fechamento.

 

Segundo a secretária de Desenvolvimento Econômico e Emprego (Sedem), Mila Jaber, ainda não há data definida para a reabertura desses espaços públicos. "A prefeita pediu aos secretários responsáveis por esses espaços um rigor maior na parte de estruturação, para que possamos rever as instalações de bebedouros, pias, se possível colocar torneiras automáticas", enfatizou.

 

Sobre os equipamentos de academias e playground que estão instalados em parques, praças e praias, a prefeita Cinthia Ribeiro pediu para que fosse elaborado um protocolo de rotina de limpeza e higienização. "Sobre as praias, a prefeita pediu a troca de areia e organização dos restaurantes instalados". Mila acrescentou que por demandar estabelecer uma nova metodologia de trabalho, o Município acolheu a recomendação do COE para adiar o retorno das atividades nos parques e praças.

 

Os locais que serão reabertos gradativamente estão dispostos no Decreto Nº 1.903 de 05 de junho de 2020 que pode ser acessado aqui.