Palmas, Tocantins -
Saneamento
1.090 visualizações

Busca da BRK por área para esgoto na entrada do Portal movimenta Taquaruçu

Circula em Taquaruçu que a empresa sinalizou interesse em comprar uma área na entrada do distrito para a estação de esgoto. A Prefeitura diz que a BRK tem até 2021 para concluir a obra.
- Atualizada em
Portal de Taquaruçu Reprodução

A busca pela BRK Ambiental por uma área para ser adquirida na entrada do distrito de Taquaruçu, para instalação de rede esgoto, está provocando uma intensa movimentação nos grupos de empresários e moradores do destino turístico, contrária à medida.

 

A chacareira Marlene da Costa, moradora das proximidades da entrada do distrito, enviou áudio ao T1 Notícias protestando contra esta possibilidade, que já circula em Taquaruçu desde que a empresa sinalizou interesse em comprar uma área na entrada do distrito para a estação de esgoto.

 

“Ainda que seja projeto moderno, é esgoto, e isso com certeza vai nos afetar”, protesta a chacareira, que lembra ainda que a entrada do distrito abriga não só moradores, chacareiros, mas pousadas e restaurantes.

 

Questionada pelo T1 Notícias, a empresa enviou nota curta, informando que a área de instalação ainda não está definida. Segundo a Prefeitura de Palmas, também em nota ao Portal, a empresa tem até 2021 para cumprir a meta e entregar a estação de tratamento do esgoto do distrito.

 

 

Confira o que diz a BRK

 

A BRK Ambiental esclarece que o planejamento para implantação do sistema de coleta e tratamento de esgoto em Taquaruçu ainda está em fase preliminar. Não há determinação sobre localização da estação e todo o projeto ainda passará por diversas fases antes da apresentação e definições finais.

 

Confira o que diz a Prefeitura de Palmas

 

A Prefeitura de Palmas por meio da Agência de Regulação de Palmas (ARP) esclarece que no Plano Municipal de Água e Esgoto Sanitário (PMAE), instituído pelo Decreto nº 1.669/2018, está prevista a implantação de uma Estação de Tratamento de Esgoto (ETE) no distrito de Taquaruçu, com capacidade de tratamento de uma vazão de 10 L/s, até 2021. Até o momento esta Agência de Regulação não foi comunicada sobre o início das respectivas obras civis.

 

Leia mais sobre este assunto: Esgoto em Taquaruçu deve passar pelo aval da comunidade