Com 3,3 mil casos de Covid-19 em uma semana, Palmas registra maior pico da pandemia

Somente nas últimas 48 horas, o município teve 585 diagnósticos positivos para a Covid-19

Nesta segunda-feira, 24, o Boletim Epidemiológico n° 656 informa que Palmas fechou a última semana epidemiológica (16 a 22 de janeiro) com 3.304 casos de Covid-19 diagnosticados, maior número registrado em uma semana desde o início da pandemia.

 

Somente nas últimas 48 horas, o município teve 585 diagnósticos positivos para a Covid-19 após 1.071 pessoas passarem por testes. Do total, 336 são mulheres e 249 são homens; todos foram encaminhados para o isolamento em casa. Não há novos registros de óbitos.

 

Com a atualização, a Capital chega a 60.755 casos acumulados, sendo que 54.487 estão recuperados, 5.576 estão em tratamento e 692 foram a óbito.

 

Em Palmas, 72 pessoas estão internadas por causas ligadas à Covid-19. A taxa de ocupação dos leitos gerais é de 53,3%, já a dos leitos clínicos é de 44,6%, enquanto que a de UTIs é de 61,4%. As Unidades de Pronto Atendimento (UPAs) têm 6,7% dos leitos ocupados na UPA Norte e 10% na UPA Sul.

 

Vacinação

 

Foram aplicadas 458.594 doses das vacinas contra a Covid-19 na Capital, sendo 222.075 relativas à primeira dose, 192.046 com a segunda ou dose única, e 44.473 tomaram a de reforço.

 

Para acompanhar a evolução da imunização contra a Covid-19 em Palmas ou agendar a vacina, acesse o site Vacina Já.

Comentários (0)