Palmas, Tocantins -

Cidades


Higienização
253 visualizações

Confira orientações de como higienizar adequadamente sua máscara de tecido caseira

A máscara é de uso obrigatório em qualquer local público de Palmas.
- Atualizada em
Raiza Milhomem/Secom Palmas

Em tempos de pandemia de um vírus contagioso, como o novo coronavírus, as máscaras passaram a ser aliadas na prevenção da doença. Um boa alternativa tem sido as de tecidos, pois além da facilidade de ser confeccionar em casa, também bem higienizadas podem ser reutilizadas várias vezes. Entretanto,  especialistas alertam que as máscaras de tecidos precisam de fato ter cuidados especiais para serem usadas.

 

A doutora em Ciências da Saúde, Mirian Cristina dos Santos, que também é tutora da Fundação Escola de Saúde Pública de Palmas (Fesp) orienta que é necessário se atentar a alguns cuidados com a máscara de tecido. “Ao contrário das máscaras descartáveis que não devem ser higienizadas, as máscaras caseiras de tecido usadas por grande parte da população, devem ser lavadas, e podem ser reutilizadas. Uma observação importante é sempre  checar a integridade da máscara, pois a lavagem a desgasta”, reforça.

 

Mirian Cristina alerta também que a máscara deve ser lavada separada das roupas, e segundo ela, é recomendado realizar uma pré-lavagem com água e sabão e depois colocá-la de molho em uma solução de água sanitária. A especialista explica que para deixar de molho, a pessoa deve usar duas colheres de água sanitária em um litro de água, por 30 minutos, após este tempo de imersão, realizar o enxágue em água corrente e na sequência lavar com água e sabão. Após seca, a máscara deve ser passada com ferro de passar.

 

A tutora lembra que a máscara não deve ficar úmida, pois  perde a validade. “Por isso é importante sempre andar com duas máscaras na bolsa. É necessário que ela seja trocada a cada três horas, e lembrar que as máscaras precisam estar dentro de saquinhos protegidos”, frisa.

 

A especialista observa  que deve-se considerar a parte externa da máscara como contaminada, não podendo deixá-la em qualquer lugar pela casa ou ficar tocando a parte externa durante o uso. “As mãos devem ser higienizadas antes de colocar a máscara e também caso toque na sua área externa por acidente, e ao retirá-la usar as tiras que seguram a máscara”, diz.

 

Máscaras de proteção caseira

 

A máscara caseira precisa ser confeccionada dentro de alguns critérios. É necessário que ela tenha duas camadas de pano, ou seja, seja dupla face. Trata-se de uma máscara de uso individual e precisa ser trocada sempre que estiver úmida e a cada três horas. As medidas da máscara precisam cobrir totalmente a boca e o nariz, e é preciso que a mesma esteja ajustada ao rosto, sem espaços nas laterais.

 

Lembrete

 

As máscaras cirúrgicas são reservadas aos profissionais que atuam na linha de frente em combate ao novo coronavírus, uma ferramenta indispensável para estes profissionais. A população conta também com uma máscara de prevenção, a máscara de tecido caseira, que é obrigatória nas áreas sociais de Palmas.