Corrida de rua vira preferência para muitos atletas amadores na Capital

Considerado democrático, com custo acessível e por não exigir grandes habilidades e técnicas específicas, mas um bom condicionamento cardíaco, a corrida de rua tem atraído muitos atletas

A corrida é um dos esportes que mais cresce nos últimos anos
Descrição: A corrida é um dos esportes que mais cresce nos últimos anos

A corrida de rua virou uma paixão nacional. Um dos esportes que mais cresce no mundo nos últimos anos, a atividade está se tornando alternativa para pessoas de todas as idades e classes sociais. Em Palmas não é diferente: o esporte a cada ano atrai milhares de atletas profissionais e amadores para as provas do Circuito Virgílio Coelho, organizado com o apoio da Prefeitura Municipal.

 

A Corrida de Rua do Trabalhador, etapa do Circuito Virgílio Coelho de Corrida de Rua de Palmas, organizada pelo Serviço Social da Indústria (Sesi), em parceria com a Secretaria Municipal de Mobilidade e Segurança (Sesmu) e Fundação de Esportes e Lazer (Fundesportes) acontece neste sábado, 5 e vai contar com vários atletas, entre eles Gabrielly Reis e Vagno Silva do Carmo.

 

Gabrielly Reis, atleta amadora de 31 anos de idade, explica que iniciou a corrida porque estava a procura de algo que a ajudasse perder peso. “Pesava 80 kg e encontrei na corrida minha válvula de escape, uma vez que tenho três filhas em casa e precisava de algo para aliviar a carga diária. Emagreci 18 kg, encontrei qualidade de vida, controle de depressão e ansiedade” disse.

 

Ao completar um ano na modalidade, Gabrielly Reis orienta àqueles que querem iniciar a atividade a procurar uma assessoria esportiva para evitar lesões, com um treinamento supervisionado e específico compatível com o desenvolvimento de cada atleta. “Corrida é vida e superação resume a minha vida”, completou.

 

O corredor profissional, Vagno Silva do Carmo, 31 anos, praticante da atividade há 5 anos, é um legítimo campeão.  Das 10 etapas do circuito de 2017, só não subiu ao pódio uma vez. Nas demais, classificou-se em primeiro ou segundo lugar. “Eu comecei a correr pela qualidade de vida. Hoje tenho uma rotina de treino de duas horas todos os dias, no entanto, dois dias antes da corrida é preciso descansar e se alimentar bem para conseguir um bom resultado”, declarou o atleta, que completou lembrando que além de competir fez grandes amizades em todas as corridas.

 

Considerado democrático, com custo acessível e por não exigir grandes habilidades e técnicas específicas, mas um bom condicionamento cardíaco, a corrida de rua tem atraído muitos atletas, mas é bom lembrar que requer alguns cuidados. O profissional de educação física Eduardo Silva esclarece que não basta gostar da atividade e sair praticando. É necessário seguir algumas regras para não se lesionar e garantir um desempenho mais adequado.

 

Seguem algumas dicas antes de realizar a inscrição em uma das corridas de rua que existem:

 

1. Realize exames médicos: Consulte um cardiologista e um ortopedista. É preciso verificar a pressão sanguínea, o colesterol e o hormônio tireoestimulante, além do nível de açúcar e ferro presentes no sangue.

 

2. Utilize um tênis de qualidade, com amortecimento.

 

3. Realize aquecimento e alongamento antes da prática do exercício.

 

4. Hidrate-se bem.

 

5. Esteja atento à postura. Braços contraídos juntos ao corpo, retenção e projeção dos ombros, mãos fechadas e muito apertadas, cabeça inclinada e passadas incompletas ou impactantes demais são alguns dos vícios de movimento mais comuns e que devem ser evitados.

 

6. Respire corretamente - Corredores de longa distância precisam respirar bem. Para tal, é preciso encontrar a sua maneira mais natural de respirar e coordená-la com o ritmo da atividade.

 

7. Descanse para não sofrer overtraining (excesso de treinamento).

Comentários (0)