Palmas, Tocantins -
Religião
2.382 visualizações

Eleição para direção do Vale do Amanhecer tem seguranças armados e provoca críticas

Segundo relato, atual diretoria teria tentando intimidar membros do Vale durante assembleia para deliberar sobre a continuidade da gestão; presidente do templo diz que ameaça teria motivado a contrata
- Atualizada em

Uma eleição disputada pela direção do Templo Alamo Vale do Amanhecer, em Palmas, provocou críticas no final de semana. Segundo informações, seguranças armados estiveram no local convocados pela atual direção, que foi reeleita por 24 votos contra 23. Alguns membros do Templo questionam a condução da assembleia realizada neste domingo, 20, para deliberar sobre a continuidade da atual diretoria da instituição religiosa. O presidente do Templo, Paulo Kraemer, afirmou que a segurança foi contratada porque houve ameaça ao processo eleitoral.

 

Segundo os religiosos, que não quiseram se identificar, a atual diretoria contratou segurança armada para acompanhar a reunião, numa tentativa de intimidar as pessoas que eram contra a permanência da gestão atual. Victor Chiang, atual vice-presidente do Templo Alamo do Vale do Amanhecer, e que integra a diretoria que venceu pela continuidade da gestão, também questiona a postura da direção na condução da assembleia. “A segurança armada causou estranheza nos membros, principalmente nos mais idosos, pois trata-se de uma casa religiosa e não esperamos encontrar pessoas armadas neste ambiente, além disso, em um momento de decisão, a mensagem que ficou foi de intimidação”, disse acrescentando que, pretende deixar a diretoria por não concordar com esta e outras posturas da atual gestão. 

 

Paulo Kraemer por sua vez, explicou que não houve intimidação e que os seguranças ficaram no terreno do Templo, mas de longe, sem nenhuma interferência no processo eleitoral. “Não me lembro de tê-los visto armados, se estavam era de forma muito discreta. Eles ficaram de longe apenas para garantir que o processo ocorresse em segurança para todos nós membros. E assim foi. Tudo ocorreu em paz, conforme ficou registrado em Ata”, pontuou.

 

Componentes da Diretoria:


Paulo Cézar Kraemer
Olavo Inácio Filho
Diomar Valdivino Pontes Guimarães
Diomar Guimarães
Sergioval Cordeiro Vilardi
Ilka Weber Vieira
Josué Lira Rocha
Nilma Freitas Guimarães
Raimunda Araújo Santos