Palmas, Tocantins -
Tocantínia
956 visualizações

Em casa, Manoel Silvino conta o que aconteceu no dia do assalto que o deixou ferido

Prefeito de Tocantínia Manoel Silvino Gomes Neto recebe alta após recuperação da cirurgia.
- Atualizada em
Prefeito recebe alta e se recupera em casa Divulgação

O prefeito de Tocantínia, Manoel Silvino, baleado em uma tentativa de assalto no último dia 4, recebeu alta de um hospital da rede privada em Palmas nesta segunda-feira, 12, após cirurgia no Hospital Geral de Palmas (HGP) e oito dias de internação.

 

Com exclusividade ao Portal T1 Notícias, o prefeito contou o que aconteceu no dia do crime. “Eu estou bem melhor agora, mas foi muito traumático”, diz. O prefeito recebia amigos e familiares em casa quando chegou de uma panificadora e ao entrar na residência, não encontrou a família nem os amigos que o esperavam para comemorar seu aniversário.

 

“É um trauma que vai ficar por muito tempo. Imagina você chegar em casa, quando já tinha começado a receber amigos para o aniversário, e encontrar um bandido com a arma em punho apontando para você. Ele me empurrou para dentro do meu próprio quarto e quando eu não  vi ninguém da minha família, fiquei fora de mim e entrei em luta com ele”, conta.

 

O prefeito conta que avistou dois bandidos. Que eles prenderam 12 pessoas dentro de um banheiro, inclusive seus filhos e outras crianças, os amarraram e espancaram. “Ele pegou 12 pessoas e as amarraram, espancaram, todos dentro de um banheiro e eles tinham a intenção de me pegar para fazer isso. Meus três filhos menores, inclusive, ficaram presos e foram maltratados. Enquanto isso eles pegavam as coisas da casa para colocar no carro e levarem”, relata.

 

No momento da luta corporal, o prefeito estava no quarto com seu motorista. “Quando atirou em mim, atirou nele [o motorista] em seguida e depois fugiram”, lembra ao dizer que poderia ter morrido.

 

O prefeito permanece em recuperação em casa, ainda com pontos e sonda da cirurgia. O afastamento da Prefeitura é de 45 dias, enquanto isso, o vice-prefeito Nilo Monteiro (PMDB) assumiu o comando da cidade.

 

Entenda

 

Manoel Silvino Gomes Neto foi surpreendido por um assalto em sua casa no último domingo, 4 de fevereiro, onde ele e seu motorista João Mascarenhas Barros, foram atingidos. Segundo testemunhas, o prefeito estava se preparando para comemorar o aniversário, assim que saiu para finalizar os últimos preparativos, os criminosos entraram na casa, renderam seus três filhos, e os demais presentes.

 

De acordo com a Polícia Militar, Manoel foi atingido por tentar reagir ao assalto. Levado em seguida para o Hospital Regional de Miracema e posteriormente para o Hospital Geral de Palmas, passou por cirurgia, para a retirada uma bala alojada na barriga. Transferido tempos depois para uma unidade hospitalar privada, o prefeito acaba de receber alta e se encontra bem. O motorista João Mascarenhas também passou por cirurgia e já teve alta.